GuidePedia


Paolo Guerrero tem pela frente uma quinta-feira que vai ser decisiva para o seu futuro. Depois de 27 dias suspenso, o atacante enfim terá a chance de se defender. Ele será julgado pela Fifa a partir das 11h (horário de Brasília) na sede da entidade, em Zurique, Suíça, por ter testado positivo para a substância benzoilecgonina, principal metabólito da cocaína.

O exame antidoping em questão foi realizado após a partida entre Peru e Argentina no dia 5 de outubro, pela eliminatórias da Copa do Mundo, e o camisa 9 recebeu suspensão provisória de 30 dias a partir de 3 de novembro, quando o caso foi divulgado.

Guerrero desembarcou na véspera em Zurique acompanhado de seu time de advogados - os experientes Bichara Neto e Pedro Fida - e do bioquímico Luiz Carlos Cameron, contratado para participar da estratégia de defesa do atleta. O peruano chegou sorridente e com discurso otimista para provar sua inocência. Horas após deixar o aeroporto suíço, a equipe se reuniu no hotel para acertar os últimos detalhes da estratégia de defesa.

O julgamento deve durar cerca de três horas. Guerrero dará seu depoimento, bem como testemunhas levadas por seus advogados. No entanto, segundo o estafe do atacante, é improvável que o resultado seja conhecido de forma imediata. A expectativa é que a decisão demore mais alguns dias e saia até até segunda-feira, dia em que termina a suspensão provisória de Guerrero.

A defesa

O metabólito benzoilecgonina - presente na cocaína - e encontrado na urina do centroavante do Flamengo é proveniente da folha de coca utilizada para chá consumido em diversos países da América do Sul, entre eles o Peru. Os advogados de Paolo Guerrero apontam contaminação em um outro tipo de chá ingerido pelo jogador.

Os advogados dizem contar com alguns resultados importantes de exames realizados no Brasil e no Canadá a partir de amostras do cabelo do jogador, que descartariam a possibilidade de o peruano ter feito uso de cocaína. Além disso, estão certos de que o chá ingerido por ele, após análise dos resultados anteriores durante o antidoping (prova e contraprova), estaria contaminado.

Longe dos gramados em momentos decisivos

Com a suspensão imposta pela Fifa, Guerrero vem desfalcando o Flamengo em jogos importantes na reta final da temporada - tanto no momento chave do Campeonato Brasileiro quanto nas semifinais da Copa Sul-Americana.

No caso da seleção peruana, o atacante não jogou as duas partidas diante da Nova Zelândia, pela repescagem, que deram ao país a classificação histórica para a Copa do Mundo depois de 36 anos. Nas eliminatórias, ele havia feito o gol que manteve o Peru com chances após a última rodada.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top