GuidePedia


Há proposta para que a terceira edição da Primeira Liga, torneio criado por times de cinco estados (RJ, MG, PR, SC, RS) inicialmente como opção aos Estaduais, e sendo organizada sem ajuda da CBF, seja disputada durante o período da Copa do Mundo de 2018, entre junho e julho do ano que vem.

A final de 2017 ocorrerá nesta quarta (4), entre Londrina e Atlético-MG, no Estádio do Café (em Londrina). Sua segunda temporada ganhou reforço de time de um sexto estado, o Ceará, mas que por causa do calendário precisou ter sua disputa fatiada entre o primeiro e segundo semestres, e acabou rejeitada até por seus participantes que por várias vezes usaram times reservas no torneio.

Como 2018 terá o calendário ainda mais apertado, por causa da Copa da Rússia, até mesmo clubes fundadores da Primeira Liga avaliaram como possível que o torneio não fosse realizado no ano que vem – ideia que agravava, segundo apurou o blog, principalmente aos times do Rio. Foi sugerido, entretanto, que o torneio seja disputado durante a Copa, em formato mais enxuto, que sirva para que os times deixem seus atletas em movimento na parada do Mundial.

A Série A, que tem a maioria dos participantes da Primeira Liga, não terá partidas durante a Copa, portanto os times poderiam usar a Primeira Liga como uma espécie de intertemporada para o reinicio da competição, na segunda metade de julho. Como mostrou o Globoesporte.com e confirmou o UOL Esporte, a CBF solicitou a Fifa que a entidade permita que as Séries B, C e D possam ter jogos durante o Mundial, portanto seria possível que a Primeira Liga também tivesse.

O blog apurou que a TV Globo, parceira da Primeira Liga nas transmissões, acha interessante ter jogos de clubes brasileiros para transmitir durante a Copa, no período noturno (as partidas do Mundial, devido ao fuso, acontecerão de manhã e de tarde no horário de Brasília).

Mesmo sem apoio da CBF e das federações, a avaliação interna da direção da Primeira Liga é boa com relação à parte comercial.  Além da premiação de R$ 3 milhões para o campeão, a média de público de 7,3 mil pagantes só fica abaixo das duas principais competições do país: o Campeonato Brasileiro, com 15,7 mil, e a Copa do Brasil, com 10,6 mil.

Houve, porém, queda no público da primeira edição, 2016, que teve mais de 15 mil pagantes por jogo, para 2017. Avaliação é que a CBF não facilitou ao encaixar principalmente jogos da Copa do Brasil próximos a partidas da Primeira Liga.

Fonte: Marcel Rizzo/Uol

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top