GuidePedia


Um dos maiores ídolos da história do futebol brasileiro, o senador Romário, deu uma entrevista ao jornal espanhol El País e falou sobre a transferência do brasileiro Neymar para o PSG. O baixinho comparou o momento do jogador com o ano de 1995, quando trocou o Barcelona pelo Flamengo:

“Só troquei o Barcelona pelo Flamengo para ser mais feliz. Deixei a maior equipe do mundo para jogar no maior da América Latina”, disse o jogador que completou: “Depois do Mundial de 1994, pela maneira que o povo nos recebeu ao voltar para casa após um título depois de 24 anos, estava seguro que seria muito mais feliz no Rio de Janeiro. Não me arrepende de ter deixado o Barcelona”.

Perguntado se estiver em atividade ainda nos tempos atuais, Romário disse que acredita que poderia conquistar a Bola de Ouro. “Apesar de todo respeito que tenho a Messi e a Cristiano Ronaldo, eu os superaria nos arremates e no posicionamento dentro da área. Nesses pontos, levo bastante vantagem”.

Sem fugir de polêmica, Romário fez críticas à CBF: “O único objetivo é ganhar dinheiro, ou melhor, fazer com que seus dirigentes ganhem dinheiro. O pior de tudo é que nem sempre se convoca os melhores jogadores. A CBF convoca quem a convém. Vários jogadores e depois de duas ou três convocações, são transferidos para o futebol internacional com operações milionárias, ainda completou: O que posso afirmar é que existem contratos com determinadas empresas que obrigam a CBF a convocar jogadores com mais renome que ne sempre são os melhores”, concluiu.




Fonte: Fox Sports

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top