GuidePedia


A diretoria é só elogios ao meia Everton Ribeiro nos bastidores do Flamengo. Na Gávea há pouco mais de três meses (105 dias), o camisa 7 enfrenta uma espécie de período de provação, mas nem sequer isso é capaz de abalar a admiração do clube e da torcida por ele. E tudo em meio ao jogo mais importante do Rubro-negro em 2017: a decisão da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, dia 27, no Mineirão.

Como chegou após o fim das inscrições na competição mata-mata, o jogador não pode participar da campanha. Isso faz com que fique fora de alguns jogos importantes enquanto o técnico Reinaldo Rueda busca a melhor formação em um Flamengo desfalcado para a final. Eleito o melhor atleta do Campeonato Brasileiro nos anos de 2013 e 2014, Everton Ribeiro tem status de craque e titular absoluto. De fato, lidar com o banco de reservas não é fácil.


É neste aspecto que a inteligência para entender o momento delicado que o clube passa e a paciência entram em campo. Mesmo sem poder atuar, o meia conversou com o treinador para saber os planos. Foi explicado que ele ficaria fora de algumas partidas para dar rodagem ao time que pode jogar na Copa do Brasil. É claro que nenhum atleta, principalmente quando se é contratado por R$ 22 milhões, gosta da reserva. Everton, no entanto, entendeu o processo e se colocou à disposição para ajudar quando necessário.

A postura de acatar a decisão em um estágio no qual o Flamengo pode mudar de patamar na temporada foi elogiada. Everton Ribeiro, inclusive, tem comparecido ao lado de Diego Alves, Rhodolfo e Geuvânio - também contratados após as inscrições - aos jogos do Rubro-negro na Copa do Brasil.

Everton Ribeiro comemora o sexto gol com a camisa do Flamengo: elogios no clube
"Ele é fora de série, inteligente e com a sensibilidade dos grandes jogadores para entender o momento importante que o clube passa. É lógico que sabe da sua qualidade, da importância que tem para o Flamengo, mas deixou claro que o clube está em primeiro lugar por conta de um jogo fundamental na temporada", disse um dirigente do Rubro-negro.
Passado o dia 27 de setembro, Everton Ribeiro já não precisará de tanta paciência. Como mostrou o UOL Esporte, o plano do técnico Reinaldo Rueda é utilizá-lo junto com Diego. O comandante colombiano sabe que prescindir do talento do jogador é entrar em rota de colisão com a torcida, embora não manifeste tal cenário publicamente. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Sport - com um gol do camisa 7, que jogou 90 minutos -, sobraram elogios.

"Everton tem uma condição excepcional e grande sensibilidade para jogar futebol. É muito coletivo e inteligente. Ele teve muita participação e alegria. Foi determinante no primeiro gol, com concepção técnica. E foi oportunista para acompanhar o cruzamento do Berrío e fazer o seu", afirmou Rueda.

"Falei desde o primeiro dia que eles [Everton Ribeiro e Diego] podem jogar juntos. Se entendem, se buscam. Não podemos na final da Copa do Brasil por conta da inscrição. Trabalhamos para isso", completou o técnico.

Com a serenidade caraterística no ainda pouco tempo de Flamengo, Everton Ribeiro também analisou a situação atual. O meia realizou 19 jogos e fez seis gols com a camisa rubro-negra.

"Não posso jogar a Copa do Brasil, entendo isso. Tento ajudar a equipe sempre que possível. É bom para todo mundo o time contar com cada vez mais qualidade, mas sabemos que isso não acontece em alguns jogos. Diego e eu nos entendemos muito bem. Saímos vencedores e merecedores. Conversamos para encaixar as jogadas. Um atua mais aberto e o outro pelo meio", encerrou.


Fonte: Uol

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top