GuidePedia


A Fifa determinou, nesta sexta-feira, que o Al Nassr pague cerca de 3 milhões de euros (por volta de R$ 11,2 milhões) ao Flamengo. O valor, que era cobrado pelo Rubro-Negro desde 2014, é referente à ida do atacante Hernane ao clube da Arábia Saudita, que tem até o dia 28 de setembro para fazer o depósito. Não cabe recurso.

Se não pagar o valor no prazo estipulado pela Fifa, o Al Nassr pode ser punido com multa, perda de pontos no campeonato nacional, rebaixamento e exclusão de competições, nesta ordem. O Flamengo calcula que tem a receber R$ 12 milhões com as correções e multas, após todas instâncias percorridas nos tribunais da entidade máxima do futebol mundial.

Em documento divulgado no fim de julho, o Rubro-Negro disse que queria uma audiência especial com o presidente da Fifa para falar sobre o assunto. Até agora, o Al Nassr não pagou nenhum das três parcelas da compra de Hernane. A vitória do Flamengo na entidade máxima do futebol é referente às duas primeiras, mas a terceira também já venceu.

- O Flamengo aguarda a confirmação da audiência com o Presidente da FIFA entre agosto e setembro, para que possamos externar pessoalmente nossa preocupação com o prazo da execução e que, ao final, o Clube finalmente receba o valor devido pelo Al Nassr, acrescido de multa e juros, nos termos da decisão do CAS - reforçou, à época, o vice-presidente jurídico do Flamengo, Flávio Willeman, ao GloboEsporte.com.


Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top