GuidePedia


O interminável Campeonato Brasileiro de 1987 ganha mais um capítulo. Na verdade, vários, expostos em 178 páginas. Com o título "1987 – De fato, de direito e de cabeça" (Onze Cultural/Zinnerama), o livro escrito pelos jornalistas pernambucanos André Gallindo e Cassio Zirpoli tem a pré-venda lançada nesta sexta-feira. Quatro outros registros presenciais estão marcados para outubro, mas sem datas. Um deles será no Recife.

O prefácio foi escrito pelo jornalista da TV Globo, Tino Marcos, e traz o ambiente político no país e no futebol nacional desde os anos de 1970, que tem efeitos diretos sobre o Brasileirão de 1987. Dentro disso, a criação do finado Clube dos 13 e a proposta de campeonato que excluía equipes com direito esportivo adquirido, preteridas em nome da Copa União.

Recheado de fotos e reproduções da época, "1987 – De fato, de direito e de cabeça" traz entrevistas com figuras como Tite, Ricardo Rocha, Zico, Emerson Leão, Arnaldo Cezar Coelho, Márcio Braga, Eurico Miranda, Homero Lacerda e Juninho Pernambucano. O livro analisa as sentenças judiciais que confirmam o título do Sport e apresenta trechos do regulamento original da competição.

- 1987 ultrapassou as páginas esportivas. Ocupou cadernos policiais, jurídicos. Esse livro, fruto de longa e ampliada pesquisa, apresenta todos os lados que se enfrentaram nos gramados, nas salas de reuniões, nos tribunais. Do Rio de Janeiro a Porto Alegre, de Campinas a Recife. São incontáveis histórias, que esclarecem todos os pontos daquele campeonato, e que mereciam estar reunidas num livro - detalha André Gallindo, que foi repórter da Globo Nordeste de 2001 a 2011 e, desde 2012, integra a equipe de esportes da TV Globo, no Rio de Janeiro.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top