GuidePedia


Reinaldo Rueda está a caminho do Flamengo. A confirmação do técnico depende apenas de questões burocráticas. O fato é que o Rubro-negro terá um treinador estrangeiro após 36 anos. A missão do colombiano não é simples, mas a diretoria vive a expectativa de que tenha sucesso no comando do elenco.

Rueda será o décimo técnico gringo na história centenária do Flamengo. O último foi o paraguaio Modesto Bria, que se despediu em 5 de abril de 1981. Ele não teve sucesso mesmo com Zico & Cia à disposição. Ficou pouco tempo no cargo na última passagem e viu Paulo César Carpegiani encerrar o ano mais glorioso do Rubro-negro com os títulos do Carioca, da Copa Libertadores e do Mundial.

No cenário ideal, o paraguaio Fleitas Solich pode servir como a principal inspiração para Rueda trilhar um caminho de sucesso. Ele foi o gringo com mais títulos conquistados pelo Flamengo. O emblemático tricampeonato carioca (1953-1954-1955) está na história do Feiticeiro, como era conhecido.

Solich marcou época na Gávea e também dirigiu a seleção paraguaia na Copa de 1950. Ele trabalhou ainda no Real Madrid e voltou ao Flamengo para conquistar outros títulos. Até hoje, o Feiticeiro é o segundo técnico que mais comandou o Rubro-negro, com 504 jogos, atrás apenas de Flávio Costa (765 partidas).

Outros gringos passaram pela Gávea. O primeiro deles foi o uruguaio Ramón Platero, em 1912, seguido do compatriota Juan Carlos Bertoni, que também foi vitorioso. O técnico conquistou o Campeonato Carioca em 1925 e 1927.

Um treinador que marcou época no Flamengo, mas nada conquistou foi o húngaro Dori Kürschner. Entre 1937 e 1938, o europeu se tornou respeitado pela introdução de métodos inovadores no futebol. Ele foi muito elogiado na época, no entanto, dirigiu o Rubro-negro em apenas 69 jogos, conquistando a Taça da Paz (1937).

O Flamengo também teve outros técnicos do Velho Continente, todos sem sucesso: o inglês Charles Williams, além dos portugueses Ernesto Santos e Cândido de Oliveira. O argentino Armando Renganeschi conquistou o Estadual de 1965.

No geral, a história de triunfos do Flamengo com técnicos estrangeiros é tímida. Reinaldo Rueda chega referendado pelos torcedores e admirado pela diretoria. A expectativa é enorme por um projeto inovador. O atual campeão da Copa Libertadores pelo Atlético Nacional-COL terá muito trabalho pela frente, mas com a chance de escrever o nome nas páginas do clube mais popular do país.

Fonte: Uol

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top