GuidePedia


É quase rotina: desde 2008, quando Rafael Moura enfrenta o Flamengo, a média é de um gol marcado por ano. Foi assim no último domingo, na vitória por 2 a 0 do Atlético-MG no Independência, pela 20ª rodada do Brasileiro. O que aumentou ainda mais a marca do atacante como maior carrasco rubro-negro no século XXI.

Foi a décima bola na rede anotada pelo He-Man contra a equipe carioca, pelo quinto clube diferente. No ano passado, ele tinha anotado quatro vezes com a camisa do Figueirense - três delas em uma mesma partida, pela Copa Sul-Americana. Os outros foram feitos por Atlético-PR, Internacional e Fluminense.

Diego Alves foi a quinta vítima de Rafael Moura, que também vazou Alex Muralha, Bruno (duas vezes), Paulo Victor (três vezes) e Felipe (três vezes). Foi o primeiro gol marcado com o pé esquerdo - antes, foram seis de direito e três de cabeça.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top