GuidePedia


Na última vez que apareceu na sala de imprensa do Botafogo, Pimpão se mostrou incomodado com as críticas que havia sido alvo e pediu desculpas a Berrío pela dura falta que cometeu no primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil, Nilton Santos. Na partida de volta, no Maracanã, Matheus Fernandes foi quem recebeu uma entrada mais forte de Cuellar, ficou com uma bola no tornozelo esquerdo e segue fora de combate.

Ao retornar à sala de coletiva após o treino desta quarta-feira, Pimpão foi questionado se acreditava ter faltado uma reação como a sua por parte do rival Flamengo. O atacante citou ainda outra entrada forte, sofrida por Guilherme, e explicou que agiu na época como pensa ser o correto.

– Cada pessoa tem um caráter, um sentimento, um jeito de agir. Eu agi com o meu coração, da melhor maneira possível com meus companheiros de Botafogo e de profissão. A gente viu não somente esse lance, teve outro em cima do Guilherme também. Cada pessoa tem o seu carater de explicar o que aconteceu – argumentou.

Guilherme ficou sem treinar de quinta a sábado da semana passada, mas se recuperou a tempo de enfrentar o Bahia no domingo, na Fonte Nova. Matheus Fernandes, por sua vez, sequer viajou com o time para continuar o tratamento no Rio de Janeiro. Seu tornozelo já desinchou bem, e o volante tem chances de voltar contra o Grêmio, dia 13, nas quartas de final da Libertadores.

CLÁSSICO DIA 10 COM FLAMENGO

Semana que vamos trabalhar, ver o que o Jair vai optar para esse jogo. A gente não pode deixar o Brasileiro de lado. Conseguimos grande vitória fora de casa contra o Bahia, botou a gente na briga pelo G-6. Esse jogo é importante para entrar no G-6 de vez, e quanto à Libertadores é objetivo principal. Pensar jogo a jogo.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top