GuidePedia


O goleiro Alex Muralha ficou na bronca com o árbitro Anderson Daronco por causa da expulsão no clássico contra o Botafogo, pela semifinal da Copa do Brasil. O defensor rubro-negro levou o cartão vermelho após uma disputa de bola com o zagueiro alvinegro Joel Carli. Os dois se tocaram, mas não houve, de fato, um ato explícito de agressão.

- Até agora eu não entendo o motivo de eu ter sido expulso. Eu não vi o lance, mas a bola quicou, subiu e eu fui na bola. Não fui na maldade. Se vocês forem pegarem todo o meu retrospecto dentro do futebol brasileiro, eu joguei no Japão e não sou um cara maldoso. Se eu fosse um jogador maldoso, ele poderia me expulsar. Mas eu fui na bola e não fiz nada. Estou com a consciência tranquila. Creio que estragou o jogo, sim. O jogo estava bem disputado. Mas já foi e não vai voltar mais atrás. Agora precisamos focar nos próximos jogos - disse o goleiro do Flamengo.

Sem poder contar com Muralha, o Flamengo terá Thiago como titular na partida de volta, na próxima quarta-feira, no Maracanã. O jovem Gabriel, de 20 anos, ficará como opção no banco de reservas. César não pôde ser inscrito na Copa do Brasil porque já atuou pela Ferroviária.

- O César não pode atuar, pois quando estava emprestado ele participou de um jogo está fora, assim como Diego Alves. Quem deve estar à disposição deve ser o Gabriel, que é o goleiro titular do Sub-20 - explicou o diretor de futebol do Fla, Rodrigo Caetano, logo após o jogo no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Lance

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top