GuidePedia


O Flamengo tem uma baixa importante para os próximos compromissos. O atacante Paolo Guerrero foi diagnosticado com uma lesão de grau 2 na coxa direita e deve desfalcar o Rubro-negro por pelo menos 15 dias. Com isso, o camisa 9 dificilmente estará em campo na primeira semifinal da Copa do Brasil, contra o Botafogo, dia 16 de agosto, no Engenhão. O Rubro-negro já trabalha por um recuperação surpreendente para colocá-lo em campo.

O departamento médico do clube não divulga prazos, mas a luta dos profissionais é para deixá-lo, pelo menos, em condições de atuar no segundo duelo diante do Alvinegro, dia 23 de agosto, na Ilha do Urubu. Após o treino desta sexta-feira (4), o médico Márcio Tannure conversou com o técnico Zé Ricardo e também passou o panorama aos demais integrantes da comissão.

Guerrero não enfrenta o Vitória, domingo (6), às 11h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, e também já está fora dos jogos diante de Palestino-CHI e Atlético-MG. Provavelmente, ele também não atuará contra Botafogo e Atlético-GO. Felipe Vizeu será o substituto.

Por outro lado, o técnico Zé Ricardo teve duas boas notícias. O atacante Geuvânio e o zagueiro Rhodolfo treinaram sem restrições físicas e podem ser relacionados para os próximos compromissos.

Guerrero se envolveu em uma discussão no desembarque do Flamengo na última quinta-feira (3) e quase foi às vias de fato com um torcedor. O protesto contra o elenco teve empurra-empurra e xingamentos. A segurança rubro-negra trabalhou bastante para conter os ânimos.

O Flamengo reforçou a segurança e blindou técnico e jogadores no CT Ninho do Urubu. O dia foi sem entrevistas. Enquanto isso, os dirigentes participaram de uma reunião sobre o planejamento estratégico do clube.

* Atualizada às 16h40

Fonte: Uol

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top