GuidePedia


Após Diego Costa ficar sabendo, através de uma mensagem de Antonio Conte, que não fazia mais parte dos planos do Chelsea, foi a vez de algo muito parecido ter vez no futebol argentino. Segundo notícia publicada pelo diário Olé, o meio-campista do San Lorenzo Tino Costa foi demitido via Whatsapp pelo técnico uruguaio Diego Aguirre, que enviou um áudio ao jogador, afirmando que ele não fazia mais parte do clube.

Contratado pelo San Lorenzo no ano passado, o meio-campo de 32 anos, que acumula passagens por Fiorentina, Genoa e Valencia, teve poucas oportunidades na equipe de Buenos Aires. Inscrito para a disputa da Libertadores, onde o clube argentino acabou sendo o grande algoz da eliminação do Flamengo na fase de grupos, Costa sequer entrou em campo pela competição e nos quase dois anos que ficou por lá, disputou apenas 13 partidas, sem gols marcados.

Revoltado com a situação da sua demissão, o argentino revelou que o treinador sequer fez questão de chamá-lo para conversar e por isso lhe enviou um áudio. Toda a indignação, ele demonstrou através de uma carta de despedida aos torcedores do clube, afirmando que "nunca teve o respeito de Aguirre, que pensa estar acima do clube".

Apesar da situação nem um pouco tranquila, Costa acertou com o Alméria, da Espanha, que disputa a Liga Adelante, equivalente à segunda divisão do país. Como estava livre no mercado, o meio-campista assinou de graça.

Fonte: Fox Sports

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top