GuidePedia


O técnico Fábio Carille foi na contramão dos comentários de Jair Ventura e Vanderlei Luxemburgo sobre a contratação do colombiano Reinaldo Rueda para o cargo de técnico do Flamengo. Elogioso ao novo rubro-negro, que quase ocupou seu lugar no final do ano passado, ele disse que os treinadores brasileiros é que precisam se atualizar para buscar um espaço no mercado.

“Na questão da licença quem está atrasado somos nós. Sei que estão correndo atrás para que a gente consiga trabalhar no mundo todo, mas ainda não podemos trabalhar na Europa com a licença daqui. Os errados somos nós”, disse o comandante corintiano, que só foi considerado para o cargo pela diretoria após Rueda, que precisava passar por um procedimento cirúrgico, dizer que não tinha condições médicas de assumir o controle do Alvinegro naquele momento.

“Acho a troca de experiência boa, desde que traga alguém qualificado. E o Rueda eu considero qualificado, duas Copas do Mundo, vários títulos, ganhou tudo com o Atlético Nacional”, avaliou Carille, sem querer entrar em polêmica com as avaliações de Jair e Luxemburgo.

O único ponto de concordância entre ele e os treinadores de Botafogo e Sport é na “paciência” destinada para nomes vindos do exterior. De acordo com Carille, há uma benevolência maior com nomes que vem de fora do país em detrimento daqueles que surgiram aqui.

“Só não concordo que o técnico de fora tem que ter tempo e nós, não. Aqui a gente precisa de tempo também. “A, mas ele precisa conhecer o futebol aqui”. Eu posso assistir o futebol colombiano todo dia se eu quiser. Basta querer. Por isso não concordo quando avaliam que o brasileiro precisa de resultado amanhã. O cara de fora, não”, concluiu Carille.

Fonte: Gazeta Esportiva

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top