GuidePedia


Rua Marquês de Abrantes, Flamengo. Endereço onde torcedores do Cruzeiro se reúnem toda semana para assistir a jogos do clube mineiro. Hoje, pela primeira vez, para torcer contra um dos ídolos da história da Raposa. Éverton Ribeiro deixou saudades e títulos em Belo Horizonte. Agora do outro lado, tem o talento reconhecido pelos cruzeirenses, mas o dia é de secar quem já incentivaram.


- Tomara que não arrume nada. Mas ele joga muito, o cara é liso - admite Cistiano Savioti, 26, estudante de engenharia no Rio:


- Ele só vai agregar para o Flamengo - rende-se.


Para Kim Araújo, 30, engenheiro, o meia pode sentir a adaptação ao futebol brasileiro, mas tem tudo para encaixar com Diego e Guerrero.


- No Cruzeiro o time encaixou bem, ele se destacar você já nota que é diferenciado. Acho que vai ser assim no Flamengo também. Pode sentir pelo período no futebol árabe, até engrenar pode demorar. Mas a qualidade dele faz diferença - analisa.


Breno Marcos Santos, 37, servidor público, lembra que Ricardo Goulart era a dupla perfeita de Éverton. O torcedor avalia as características do jogador que podem ser úteis ao Flamengo.


- Ele traz o time para o ataque, carrega a bola, faz tabelas e trabalha com quem chega de trás - explica


Em Minas Gerais, houve a expectativa de que o craque voltasse ao Cruzeiro, que acabou contratando Thiago Neves. Para Lucas Esteves, 24, estudante, a Raposa não tem o elenco do nível do Flamengo.


- O Cruzeiro está inferior ao Flamengo em termos de elenco. Não gosto do Mano - disse, implicando com o técnico.


Todos mesmo assim arriscaram placares em prol do Cruzeiro. Éverton Ribeiro virou passado.


Fonte: Extra Globo


Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub

Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top