GuidePedia


"O título se ganha nas últimas oito rodadas e se perde nas oito primeiras". A receita para vencer um campeonato de pontos corridos em 38 jogos é de Pep Guardiola, contada pelo jornalista Martí Perarnau, no livro "Guardiola Confidencial". A história do Campeonato Brasileiro de pontos corridos com 20 clubes mostra que a tese é verdadeira. A máxima distância de um campeão brasileiro para o líder em oito rodadas foi de seis pontos, duas vezes, em 2008 e 2009 (São Paulo e Flamengo, respectivamente, ambos em sétimo lugar).

Principais favoritos antes do torneio, Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG terão de quebrar a escrita se quiserem buscar a taça em 2017. Ainda mais em um ano em que o líder, Corinthians, atingiu uma das maiores pontuações da história do campeonato na oitava rodada: 20 pontos. São nove a mais do que o Fla, dez à frente do Verdão e 11 de vantagem para o Galo. O Santos, atual vice-campeão brasileiro, está sete atrás do Timão, que disputa a ponta com o Grêmio (19 pontos), adversário em Porto Alegre no próximo domingo.

Nenhuma vez os clubes da oitava colocação para baixo nesta etapa da competição reagiram a ponto de terminar a temporada com a taça de campeão brasileiro. A história mostra que se perde, sim, o Brasileirão com uma largada ruim. A oitava rodada terminou na última segunda-feira com o Tricolor gaúcho conquistando seu 19º ponto em oito jogos - jogou cinco vezes fora e apenas três em casa.

Ser líder em oito jogos, no entanto, pouco significou na história do campeonato: Sport (2015), Botafogo (2013 e 2007), Atlético-MG (2012 e 2009), Corinthians (2010), Flamengo (2008) e Fluminense (2006) lideraram e não terminaram campeões. O Internacional, com 19 pontos em oito jogos no ano passado, acabou rebaixado. Mas o atual campeão Palmeiras era o vice-líder, com 16. Cruzeiro, em 2014, e Corinthians, em 2011, lideravam na oitava rodada.

O Brasileirão foi "acelerado" nas últimas semanas e terá mais duas rodadas antes do retorno da Copa do Brasil, na semana que vem. A Copa Libertadores terá jogos pelas oitavas de final a partir de 4 de julho. 

Em 2016, quem mais ameaçou o Palmeiras no fim estava no bloco de cima nesta etapa do campeonato. O Santos (vice) era o quarto, com 13 pontos, mesma pontuação do Flamengo (terceiro colocado), em sétimo. O Atlético-MG somava apenas sete pontos e estava afundado na zona do rebaixamento, em 18º lugar. O Galo arrancou de forma espetacular, acabou em quarto, mas a conta para título ficou distante por causa do péssimo início. Foi o primeiro dos que sonhavam com a taça a não ter mais condições de alcançar o Verdão.


Fonte: Lance

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top