GuidePedia

 
Nem o mais otimista rubro-negro poderia imaginar uma reação desse tamanho. O Iranduba abriu dois gols de vantagem na primeira etapa, mas as Rubro-negras buscaram o empate, com gols aos 44 e 48 minutos do segundo tempo, e impediram derrota em casa, no campo do Cefon, no Rio de Janeiro, pela partida de ida das quartas de final da Série A do Campeonato Brasileiro feminino. Os gols do Hulk foram marcados por Sorriso e Drielly, ambos na primeira etapa, enquanto o Fla igualou o marcador com Raquelzinha e Bárbara. 

Com o empate, a disputa fica em aberto. Em casa, o Verdão pode empater em 0 a 0 ou 1 a 1, que ainda assim se classifica. De 3 a 3 em diante, a vaga nas semifinais fica com o Flamengo, por gols marcados fora de casa. 2 a 2 leva a decisão aos pênaltis. O duelo será no dia 21 de junho, na Arena da Amazônia, em Manaus. Quem avançar, encara o vencedor de Santos ou Audax. No primeiro jogo, as Sereias da Vila venceram por 2 a 0.
 
O jogo
 
Em casa, o Flamengo tentou imprimir um ritmo forte nos primeiros 20 minutos, levando perigo duas vezes com finalizações de longa distância, enquanto o Iranduba apenas se defendia. A partir da metade da etapa inicial, o Verdão evoluiu. Passou a trocar mais passes no sistema defensivo e marcar pressão a saída de bola do adversário. Assim, superior, o Hulk abriu o placar em bola parada. Após cobrança de escanteio, a baixinha Sorriso subiu mais alto que todo mundo e estufou as redes de Kaka, aos 30 minutos.

O gol deixou a equipe visitante animada. Melhor, ampliou aos 43, novamente em bola parada. Dessa vez, Djeni cobrou falta na trave e, no rebote, Drielly apareceu livre, livre para aumentar a conta. As rubro-negras ainda tentaram diminuir, mas já era tarde. 

Segundo tempo
 
Da mesma forma que o primero tempo, o Flamengo não aliviou o Iranduba no início de segunda tempo. Prova disso foi que, aos seis minutos, Flávia viu Jane livre e tocou. A atacante finalizou de fora, mas a bola bateu na trave. O Iranduba tentou responder, primeiro com Sorriso, que arriscou bicliceta de dentro da área, e depois com Dany Helena, que arriscou de cobertura, mas Katia defendeu as duas.

Após a pressão inicial, o Flamengo diminuiu o ritmo, e o Iranduba voltou a crescer no jogo, sempre com marcação pressão. Perto do fim, Sérgio sacou Mari e colocou Larissa, para ajudar na contenção. E penou pela falta de coragem. Aos 44, após falha defensiva, Raquelzinha entrou cara a cara e finalizou no canto para diminuir. No apagar das luzes, Bárbara, caída no chão, igualou o marcador. 

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top