GuidePedia

O Flamengo vive momento turbulento dentro e fora de campo. Em meio a protestos da torcida, a equipe encara fase irregular no Brasileirão e pressão para o jogo deste domingo, contra o Avaí, às 16h (de Brasília), na Ressacada. Os resultados ruins estão diretamente ligados com a dificuldade do time de Zé Ricardo para balançar as redes. Foram cinco gols em cinco jogos e um dos piores aproveitamentos entre as equipes da Série A nas finalizações. 

O Rubro-negro, até aqui, precisou de aproximadamente 15 chutes a gol para balançar a rede. O aproveitamento de alguns jogadores é ainda pior. Guerrero, quem mais finalizou pela equipe na competição (14 vezes), ainda não deixou sua marca. Leandro Damião, reserva imediato do peruano, tem 13 finalizações e apenas um gol - na vitória por 3 a 0 contra o Atlético-GO. 

A comparação entre os times que disputam a Série A deixa clara a ineficiência ofensiva do Flamengo. O Rubro-negro só tem média de finalizações por gol (15,6) superior a três times: Cruzeiro (19,6), Avaí (56) e Vitória (56). No oposto da tabela, Grêmio (3,9), Corinthians (5,8) e Fluminense (6,9) aparecem com os ataques mais letais (veja na tabela acima).



- Nós temos que buscar o equilíbrio. O mais importante é sempre ter um time equilibrado, com a defesa bem e aproveitando as chances na frente. Não temos como negar que não é nosso melhor momento no ano, com certeza alguns setores vão sofrer mais críticas do que outros, mas temos que, acima de tudo, crescer como um time e voltar a ter esse equilíbrio que tínhamos antes. Fazer os gols e não sofrer tantos, porque só assim vamos conseguir subir na tabela – destacou o zagueiro Juan, que ganhou a vaga de Rafael Vaz entre os titulares. 
 
Nesta sexta, Zé Ricardo fez um esboço de time com Vinicius Junior. O garoto, apesar do pouco tempo em campo como profissional, é o terceiro que mais finaliza na equipe. Foram seis bolas na direção do gol, uma parando na trave de Gatito Fernández no 0 a 0 contra o Botafogo. 
 
Escalação provável para enfrentar o Avaí: Thiago; Pará, Réver, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Everton, Vinicius Júnior e Leandro Damião
 
Fonte: GE

 
Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top