GuidePedia


Há uma sucessão de fatores que levam o Flamengo a este começo instável no Brasileirão. O mais evidente é que a equipe perdeu sua essência no futebol, que é jogar ofensivamente sempre.

O Rubro-Negro precisa de um técnico de mente ofensiva, algo que Zé Ricardo não tem, por vir das divisões da base. Além da equipe deixar mostras de sua vulnerabilidade ao atuar defensivamente, a impressão é de que falta qualidade ao Flamengo nos três setores.

Em meio às falhas defensivas, o elenco não tem um zagueiro com capacidade de se impor diante dos adversários. No meio-campo, não há um jogador com espírito de liderança, mesmo com Willian Arão e Diego se destacando. 

Guerrero, por mais que seja um bom atacante, é sacrificado nesta opção atual por uma formação mais "retranqueira", ao ser o único na área. No Brasileirão, isto ficou claro na derrota para o Internacional entregou a virada por recuar demais. O episódio voltou a acontecer na Libertadores, contra o San Lorenzo, quando também saiu na frente, se encolheu, deixou Guerrero brigando sozinho com os adversários, e acabou castigada.

Ainda há um exagero muito grande por esta chegada de reforços. A chegada de Everton Ribeiro não é suficiente para contornar um momento tão complicado como este, em especial com ele retornando do futebol árabe.

Fonte: Roberto Assaf/Lance

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top