GuidePedia


Os 45 minutos em campo no jogo-treino do Flamengo realizado nesta segunda-feira contra o Barra da Tijuca, da segunda divisão do Rio, mostraram que Éverton Ribeiro vai se encaixar bem ao esquema do time de Zé Ricardo. Pelo lado direito, mas com liberdade de mudar para a esquerda e trazer a bola para o meio, o apoiador demonstrou desenvoltura e aplicação tática para desempenhar o trabalho dos pontas da equipe, com a diferença da qualidade técnica. O desafio será ajudar na armação e criar chances de gol, como a que Conca, meia clássico, criou no primeiro dos cinco tentos da atividade de ontem, marcado por Leandro Damião.

O argentino não tem capacidade física para atuar o jogo todo, mas Éverton Ribeiro, caso seja regularizado a tempo, vai estrear como titular contra a Chapecoense, na quinta-feira, pelo Brasileiro, provavelmente no lugar de Vinicius Júnior. Suas funções incluem rodar a bola para abrir a defesa, triangular com laterais e Guerrero, e também voltar para buscar o jogo, tirando a sobrecarga de Diego, que pode jogar mais como ponta de lança, próximo do gol.

Éverton Ribeiro será mais uma tentativa para a posição. No começo do ano, Zé Ricardo tentou Mancuello, que não deu resultado. Berrio também virou solução milionária e ainda não vingou. O jovem Vinicius Júnior herdou a vaga diante de lesões e queda técnica dos concorrentes. A posição agora é de Éverton Ribeiro, que promete dar experiência e talento a um setor considerado pouco criativo do Flamengo. Falta o encaixe com o time titular. De volta à equipe, Trauco elogiou a dupla e espera crescimento em campo.

- Nossa equipe é muito boa, e agora com Rhodolfo e Everton Ribeiro ficamos ainda melhores. Precisamos aproveitar - frisou o lateral, autor do gol de empate contra o Fluminense.


Fonte: Extra

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top