GuidePedia


Apontados entre os principais favoritos ao título do Campeonato Brasileiro em 2017, Atlético-MG e Flamengo ainda não engrenaram. Em quatro rodadas, empataram três vezes, em um cenário que deve ligar o alerta: desde 2016, os times são reis da "coluna do meio", e isso já custou caro.

Considerando as duas últimas campanhas de Atlético e Flamengo, são 14 empates para cada um em 42 partidas. Ou seja, em 31% de seus jogos, os times saíram com apenas um ponto, marca que é bem maior do que a média das demais equipes tanto na competição de 2016, quanto agora em 2017.

Na última temporada, em que os dois chegaram a sonhar com o título, mas não conseguiram sequer o vice-campeonato, 25% dos jogos do campeonato acabaram empatados. Atlético e Fla contribuíram com 11 igualdades, marca que apenas Chapecoense, Coritiba e Figueirense superaram.

Entre essas três equipes, que empataram 13 vezes cada no Brasileiro de 2016, a melhor colocação foi da Chapecoense, que acabou em 11ª. O Coritiba foi 15º, e o Figueirense acabou rebaixado, em 18º. O campeão Palmeiras saiu de campo com um ponto quatro vezes menos, em oito jogos.

Já em 2017, nenhuma outra equipe já empatou tanto quanto Flamengo ou Atlético. Mais que isso: não há time que tenha somado duas igualdades nessas quatro rodadas. Não por acaso, os cariocas estão apenas no 11º lugar, mesmo estando invictos; e o Atlético, na zona de rebaixamento, em 17º.

A média de 75% de empates, claro, é muito maior do que a média da competição. Das 39 partidas já realizadas neste Brasileiro, oito terminaram em igualdade, ou 20% - curiosamente, ou não, uma delas foi Flamengo x Atlético-MG, 1 a 1, na primeira rodada, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Em seus próximos compromissos, Fla e Atlético tentam sair da "coluna do meio", respectivamente contra Sport (quarta-feira, às 21h45, na Ilha do Retiro) e Avaí (quarta, às 19h30, no Independência).


Fonte: ESPN

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top