GuidePedia

 
Do mesmo jeito que não teve tempo para comemorar o título carioca, o Flamengo não poderá se lamentar por muito tempo pela eliminação da Libertadores. Neste sábado, apenas três dias depois da derrota por 2 a 1 para o San Lorenzo, o Rubro-Negro encara o Atlético-GO pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no Serra Dourada, às 19h (de Brasília). Mas não tem fórmula secreta para esquecer a queda na principal competição do ano. 

Um dos líderes do elenco comandado pelo técnico Zé Ricardo, o volante Willian Arão admite que as feridas do resultado de quarta-feira ainda não foram saradas, até pela proximidade, mas avisa: é preciso ter concentração para sair dessa situação. 

- Desde sempre, queremos ganhar todas as partidas. Então, vamos mais uma vez tentar isso. Não tem fórmula mágina (para mudar o foco). Temos de nos concentrar, entender que aquilo ficou para trás. Obviamente, está doendo, mas temos de entrar em campo e defender as cores do Flamengo. Vamos entrar em campo, mesmo com dor, e fazer uma grande partida - disse o volante. 

O peso, porém, não é só psicológico. O Flamengo teve de enfrentar uma viagem da Argentina para o Rio de Janeiro no início da manhã de quinta-feira e nesta sexta já chegou a Goiânia para enfrentar o Atlético-GO - Guerrero, por exemplo, sequer treinou, mas viajou. Apesar disso, Arão é sucinto:

- O físico está normal - completou, questionado sobre o cansaço do elenco. 

Na estreia do Campeonato Brasileiro, o Flamengo empatou em 1 a 1 com o Atlético-MG, no Maracanã.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top