GuidePedia

 
A Prefeitura de Volta Redonda divulgou, na noite desta quarta-feira, uma nota oficial dizendo que não foi avisada oficialmente pela CBF da realização do clássico entre Flamengo e Botafogo no estádio Raulino de Oliveira. O palco do jogo de domingo, às 11h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, é administrado pelo município. 

O Gepe, em contrapartida, já está planejando a segurança da partida em Volta Redonda e acredita que a prefeitura será avisada oficialmente pela CBF nesta quinta-feira. 

No comunicado, a Prefeitura de Volta Redonda, em nome do prefeito Samuca Silva, diz que está preocupada com a segurança para os torcedores e não confirma a realização do clássico. 

Veja, abaixo, a nota oficial na íntegra: 

"Até o momento, a prefeitura de Volta Redonda não foi notificada oficialmente pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), e nem pelo clube mandante, sobre a realização da partida entre Flamengo x Botafogo (domingo, dia 2, às 11 horas), no estádio Raulino de Oliveira.
 
O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, se preocupa com as questões de segurança para esse importante clássico. O GEPE (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios) sempre faz segurança em jogos deste nível, mas, até o momento, ainda não manifestou oficialmente o apoio policial ao clássico. Desta maneira, a prefeitura não confirma a realização da partida entre Flamengo x Botafogo na cidade de Volta Redonda, sem a garantia de segurança.
Assessoria de Comunicação Social – Prefeitura de Volta Redonda"

A ideia do Flamengo, mandante do clássico, era enfrentar o Botafogo na Arena da Ilha. O Rubro-Negro, porém, só entregou os laudos de liberação do estádio à CBF nesta quarta-feira, um dia após o prazo de cinco dias para que a partida pudesse mudar de Volta Redonda para a Ilha do Governador.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top