GuidePedia


Uma das máximas no futebol atesta que "pênalti é tão importante que o presidente do clube é quem deveria cobrar". É uma ironia, é claro, sobre uma figura que desde o início do esporte no país é contestada. Quando tudo anda bem, não é raro ouvir que "fulano não fez mais que a obrigação". Às vezes, mesmo nos momentos de vibração, há quem diga "o time ganhou apesar de beltrano". De fato, os cartolas são lembrados mais para o mal.

Tudo isso não é a toa. Afinal cabe lembrar que os clubes nunca primaram pela transparência. E até há alguns anos era raro ver mudanças no poder. Hoje leis como o Profut (o programa de refinanciamento das dívidas públicas) acabaram ajudando para que ocorra rotatividade nas equipes, ao autorizar apenas uma reeleição, por exemplo.

Com menos tempo no poder, é mais comum que os dirigentes se despeçam de suas equipes muitas vezes sem dar título algum. Baseado nisso oESPN.com.br fez um levantamento para responder: Qual o cartola está há mais tempo no poder entre os 20 clubes da Série A do Brasileiro? Quem ganhou mais? Quem ganhou ao menos uma taça? Quem ainda busca o primeiro caneco? Confira abaixo.

Há mais tempo

Dos 20 presidentes, o que está há mais tempo no comando é Gilvan de Pinho Tavares, do Cruzeiro. Foi eleito em 3 de outubro de 2011 para um mandato de 2012 até 2014. Em 9 de outubro de 2014, ganhou nova eleição, dessa vez para ser concluída neste ano.

Advogado e procurador aposentado de Minas Gerais, Tavares já participava da vida do Cruzeiro desde os 11 anos. Foi sócio, atleta, conselheiro e (nos últimos anos) aliado dos irmãos Zezé e Alvimar Perrella, que dividiram o poder no clube mineiro de 1995 a 2011.

Gestão com mais títulos...

Tavares divide com Eduardo Bandeira de Mello, do Flamengo, o posto de presidente com mais títulos pelo próprio clube. Cada uma das gestões têm três taças.

O Cruzeiro foi bicampeão do Brasileiro (2013 e 2014) e campeão do Mineiro (2014). Já o Flamengo venceu dois Cariocas (2014 e 2017) e uma Copa do Brasil (2013). Bandeira de Mello está no cargo desde 2013. Também foi reeleito e ficará até o final de 2018.

Já venceram também...

Outros 12 presidentes da Série A do Brasileiro podem se orgulhar de terem pelo menos uma conquista para comemorar durante suas gestões.

Maurício Sampaio, do Atlético-GO, viu a equipe ganhar a última edição da Série B, o torneio nacional mais relevante da história do clube.

Daniel Nepomuceno, do Atlético-MG, tem à frente do clube dois Mineiros (2015 e 2017), enquanto Luiz Sallim Emed, do Atlético-PR, tem o Paranaense de 2016 no currículo.

Marcelo Sant'Ana viu sua gestão dar dois títulos ao Bahia: o Baiano de 2015 e a Copa do Nordeste deste ano, torneio que o clube tricolor não ganhava há 15 anos.

Carlos Eduardo Pereira, do Botafogo, tem uma taça também em sua gestão. É a Série B de 2015. Torneio que não é favorito de muitos torcedores, mas que foi comemorado.

Plínio David Filho, o Maninho, conseguiu em poucos meses remontar a Chapecoense (que perdeu 19 jogadores em um acidente aéreo em 2016) e fazer o time campeão estadual.

Até Roberto de Andrade, muito contestado no Corinthians, montou times campeões. No caso, do Brasileiro de 2015 e do Paulista desta temporada.

O Coritiba, do presidente Rogério Bacellar, ganhou o Estadual deste ano. Romindo Bolzan Júnior, do Grêmio, a Copa do Brasil do ano passado.

Modesto Roma Júnior viu o Santos vencer dois Paulistas (2015 e 2016). Eurico Miranda também tem dois Cariocas com o Vasco (2015 e 2016). E Ivã de Almeida, que assumiu o Vitória neste ano, já viu seu clube faturar o Estadual desta temporada.

Fluminense e Ponte Preta são casos especiais. Os clubes tem taças oficiais, mas que estão longe de ter expressão. O time tricolor, comandado por Pedro Abad, ganhou a Taça Guanabara deste ano. Já a equipe campineira, do presidente Vanderlei Pereira, levantou o Troféu do Interior há dois anos, torneio organizado pela Federação Paulista.

Ranking dos cartolas

Veja abaixo um quadro resumido sobre os 20 presidentes dos clubes da Série A.


Fonte: Espn

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top