GuidePedia


Neste domingo, às 16h, no Maracanã, Flamengo e Fluminense entram em campo para a segunda partida da final do Carioca. Após a vitória rubro-negra no primeiro jogo, por 1 a 0, o Tricolor precisa de um triunfo por dois gols de diferença para sagrar-se campeão. Um empate o caneco vai para a Gávea e um resultado por um gol de diferença para o Flu leva a decisão para os pênaltis. Ao projetar o duelo, o narrador Jader Rocha lembrou a sequência do Fla e viu no cansaço rubro-negro algo que pode favorecer o rival. 

Na última quarta-feira, o Flamengo derrotou a Universidad Católica, por 3 a 1, pela Libertadores, em um jogo tenso, decidido só no segundo tempo. Para Jader, isso pode pesar no Estadual e cabe ao Flu explorar isso.

- O Flamengo tem um desgaste enorme depois do jogo que precisou fazer força para ganhar da (Universidad) Católica. O ponto chave do Fluminense entender que pode superar o Flamengo, além da qualidade que tem, é se ele conseguir perceber esse desgaste - disse, no "Troca de Passes".

No entanto, para Ricardo Rocha, o Flamengo não terá esse problema físico. O comentarista do SporTV exaltou o elenco do clube da Gávea, mas fez um alerta. O ex-jogador relembrou a força do ataque tricolor, que nesta edição do Carioca já fez muitos gols nos clássicos.

- Os três jogos o Flamengo jogou bem, fisicamente bem e acho que o desgaste não vai acontecer. O Flamengo tem elenco forte, o Fluminense tem um time forte. O problema do cansaço não vai ter. O Flamengo tem favoritismo pela experiência, pelos jogadores que tem em campo. Mas é difícil. O Fluminense meteu três gols em todos os clássicos. Fez três duas vezes no Vasco, no Botafogo e no Flamengo. Tem um time de muita velocidade e poder ofensivo, mas quando o Flamengo fecha com três volantes e tapa o fundo, o Flu teve dificuldade.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top