GuidePedia


O volante rubro-negro Willian Arão compareceu à Sala de Imprensa Victorino Chermont, no Ninho do Urubu, para conceder entrevista coletiva após o treino desta quarta-feira (31). Como não poderia ser diferente, o clássico contra o Botafogo, válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, foi o foco principal das perguntas dos jornalistas presentes.

Sócio-torcedor tem mais Flamengo em vídeos da FlaTV Nação Rubro-Negra, com entrevistas exclusivas dos jogadores! Clique e sinta o orgulho de ser sócio-torcedor.

Ainda na expectativa pela confirmação do palco que receberá a partida, Arão falou sobre a possibilidade do confronto ocorrer no estádio da Ilha do Governador, ressaltando que, independentemente do local da partida, o Mais Querido irá em busca da vitória. O volante também comentou sobre a expectativa pelos retornos do meia Diego e do atacante Éverton.

Veja os principais trechos:

Clássico na Ilha

O que nós esperamos é que o jogo seja na Ilha, mas se tivermos que jogar em Volta Redonda ou no Maracanã, iremos em busca da vitória.

Rivalidade

Acho que nos últimos tempos vem se aflorando mais essa disputa, mas por minha parte sempre foi sadia e com muito respeito. No domingo não vai ser diferente. Vou lutar como se fosse pelo meu último prato de comida e brigar por todas as bolas para conseguirmos sair com a vitória.

Confronto especial

Todo clássico é diferente, não é só mais uma partida. Sabemos que em todo clássico a atmosfera é diferente. Sempre estive à vontade, apesar das hostilidades que recebi, mas isso é natural.

Relevância do resultado

É muito importante, porque se a gente fizer as contas, a cada seis pontos disputados precisamos ganhar quatro para sermos campeões. Precisamos vencer para continuarmos nessa média que os matemáticos dizem ser necessária para conquistar o campeonato. A vitória será fundamental.

Trabalho do técnico Zé Ricardo

Desde quando ele assumiu, a gente vem perdendo pouco. É manter o time bem organizado, saber a hora certa de atacar. Os adversários também têm suas qualidades, no entanto precisamos saber enfrentá-los e trabalhar em cima de suas fraquezas. É o que buscaremos fazer.

Aprimorar as finalizações

Não só nos clássico, mas em outras partidas tivemos muitas chances para matar o jogo ou buscar o empate. Por muitas vezes não o fizemos e isso nos custou. Temos que jogar para fazer dois, três, quatro gols, principalmente se tratando de um clássico.

Retornos de Diego e Éverton

Fiz a mesma pergunta para eles. Obviamente ainda não estão nos 100% deles, mas se tiverem chance de entrar na partida, caso se sintam bem e confiantes, tenho certeza que entrarão em campo e poderão nos ajudar. São peças importantíssimas para o nosso esquema tático.

Fonte: Site oficial do Flamengo

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub



 
Top