GuidePedia


O Flamengo anunciou na última segunda-feira acordo com a Portuguesa da Ilha para passar a utilizar, a partir de 2017, o estádio do clube, que foi casa do Botafogo no segundo semestre desta temporada. O Alvinegro minimizou o fato e a própria Lusinha descartou um 'climão' com o Glorioso por conta da nova parceria. No entanto, o episódio entra para a rivalidade entre os clubes, que aflorou ainda mais nas gestões de Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Fla, e Carlos Eduardo Pereira, mandatário. Relembre polêmicas recentes entre Flamengo e Botafogo.

Rusga com vídeo do 'Porta dos Fundos'

Há pouco mais de um ano, o canal humorístico no Youtube Porta dos Fundos publicou um vídeo chamado "Patrocínio", no qual satiriza as muitas marcas nas camisas dos times de futebol. Na gravação, que ficou no ar durante 15 dias, o Botafogo enfrentava o Flamengo e tinha, no uniforme, cerca de dez logomarcas.

A diretoria alvinegra entende que, no período, sofreu prejuízo de marca. E fez uma cobrança milionária num processo que se arrasta. Colabora para a rivalidade entre os clubes o fato de Antonio Tabet, um dos criadores do canal, ser o atual vice-presidente de comunicação do Rubro-Negro.

Caso Willian Arão

O volante, que viveu boa temporada no Botafogo, em 2015, mas preferiu mudar de clube e rumar para o Rubro-Negro em 2016, é pivô de um problema que gerou desgaste entre os clubes nos bastidores. O time da Estrela Solitária trava batalha com Arão desde o ano passado. As partes divergem na interpretação de renovação automática do contrato em caso de pagamento de R$ 400 mil, efetuado pelo Botafogo, mas devolvido pelo atleta duas vezes. Estendido o vínculo, o valor cobrado é no processo é o da multa rescisória: R$ 20 milhões. Flamengo e o jogador se amparam numa regulamentação recente da Fifa, que tornaria nula cláusulas do contrato de Arão com o Alvinegro.

Carga de ingressos de apenas 10% nos clássicos

No clássico entre Botafogo e Flamengo no primeiro turno do Brasileirão, na Arena Botafogo, o Alvinegro só disponibilizou 1.500 ingressos para os torcedores rubro-negros, o equivalente a 10% dos 15 mil postos à venda. Em clássicos nos outros estádios, o comum, ao longo dos anos, foi a divisão meio a meio. A questão gerou incômodo no Fla, que fez o mesmo na partida entre eles no segundo turno da competição nacional, no Maracanã.

Recusa de aluguel da Arena da Ilha e do Engenhão

Por conta das rusgas, a diretoria do Botafogo deixou claro que não disponibilizaria a Arena Botafogo caso o Flamengo, que ficou sem uma casa na cidade do Rio boa parte desse ano, pedisse. Também foi ventilado que o Rubro-Negro tinha interesse em jogar no Engenhão, mas o Glorioso não cedeu.

Troca de alfinetadas no aniversário do Fla

No aniversário de 121 do Flamengo, no último dia 15, o Botafogo usou sua conta oficial no Twitter para provocar o rival. O alvinegro postou imagens de matérias antigas de jornal, relembrando a goleada por 6 a 0 aplicada sobre Fla o em 1972, no dia que o Rubro-Negro completou 77 anos.

O Flamengo não deixou barato e respondeu também por meio do Twitter. O Rubro-Negro publicou imagens provocando o Glorioso pela goleada de 6 a 0 devolvida em 1981. Além disso, publicou um texto agradecendo em tom irônico e lembrando do 'chororô'

Fonte: Lance

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top