GuidePedia

 
O protagonismo de Vitinho na luta para escapar do rebaixamento nesta reta final de Brasileirão leva o Inter a se adiantar, a passos lentos, em suas movimentações para viabilizar a permanência do atacante em 2017. De olho no assédio do Flamengo, que até já acertou salários com o jogador, o Colorado entrou em contato com os representantes do atleta e com o CSKA para manifestar interesse em prolongar sua estadia em Porto Alegre. O clube russo é o detentor dos direitos federativos do camisa 11. 

A investida colorada, porém, ainda é incipiente e esbarra em indefinições do futuro do Colorado para a próxima temporada. O primeiro passo, antes de apresentar quaisquer valores aos dirigentes do Leste Europeu, é garantir a permanência na Série A, prioridade máxima do clube na temporada. Tanto, que o atacante permanecerá somente no banco nesta quarta, como alternativa para o duelo com o Atlético-MG, pela Copa do Brasil.

– A gente está fazendo um movimento singelo, demonstrando que tem interesse. Não podemos avançar devido à situação do clube – afirma o executivo de futebol Newton Drummond, ao GloboEsporte.com. 

Atualmente, o Inter figura em 16º na tabela do Brasileirão, com 38 pontos, dois a mais que o Vitória, primeiro integrante do Z-4. Caso não consiga evitar o primeiro rebaixamento de sua história, o clube reconhece que o investimento seria elevado para uma potencial Série B. Após o próprio CSKA manifestar interesse em contar com Vitinho em 2017, um terceiro empréstimo do atacante está descartado.

Quem quiser ter o atacante em seu plantel para a próxima temporada terá de desembolsar € 11 milhões (aproximadamente R$ 38,5 milhões), para compensar o investimento feito pelo clube russo para tirá-lo do Botafogo, de  € 10 milhões (cerca de R$ 30 milhões na época), em 2013. Para o Inter, porém, as cifras giram em torno de € 8 milhões (aproximadamente R$ 27 milhões), devido a uma cláusula no contrato de empréstimo.

De  quebra, o Colorado não avança nas tratativas ainda devido à eleição presidencial do final do ano, cujo cenário não apresenta certeza de sequência à situação, com Pedro Affatato, na sucessão ao presidente Vitorio Piffero. Caso a oposição, com os candidatos Marcelo Medeiros e José Amarante, se eleja, o diretor executivo Newton Drummond, o Chumbinho, não deve seguir no cargo. O mesmo ocorrerá com o vice de futebol Fernando Carvalho, que já avisou que deixará o clube em dezembro.

Vitinho chegou ao Inter em janeiro de 2015 e viveu um primeiro semestre de ostracismo com Diego Aguirre, até deslanchar no segundo semestre, com Argel. O atacante somou 49 partidas e 15 gols pelo clube em sua primeira temporada e chegou a ser convocado pela seleção olímpica.

Sua permanência em 2016 só foi selada após longa negociação entre Inter e CSKA, que decidiu por estender o vínculo de empréstimo por mais um ano. Na temporada atual, o atacante atuou em 42 partidas e marcou 14 gols. É o artilheiro colorado e principal arma do time no Brasileirão, com oito gols marcados. No último sábado, o camisa 11 anotou o tento do Inter no empate em 1 a 1 com o Santa Cruz, mas saiu com cãibras no segundo tempo. Ainda assim, não preocupa para a sequência da temporada.

Além do Fla e do CSKA, outros clubes também mostraram interesse por Vitinho. Em agosto, por exemplo, o jogador recebeu uma sondagem do Galatasaray, da Turquia. Por enquanto, não há propostas oficiais pelo atacante. O clube russo tem vínculo com o atacante até maio de 2020.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top