GuidePedia


O Flamengo está a duas rodadas de confirmar boa campanha no Brasileiro, mas também a nove dias de encerrar um ano sem títulos e com quatro eliminações em mata-mata, duas destas vexatórias (para Fortaleza, na Copa do Brasil; e Palestino, na Sul-Americana). No domingo, às 17h (de Brasília), contra o Santos, o time tem a chance de evitar uma marca negativa em sua história: caso não triunfe, pela primeira vez terminará uma temporada sem vitórias na cidade do Rio. 

É verdade que foram apenas cinco jogos no município em 2016. Perdeu para o Vasco no primeiro deles (0x1), em São Januário, e empatou os outros quatro: dois com o Botafogo (3x3 e 0x0) e os demais com Corinthians (2x2) e Coritiba (2x2).

Chamam atenção as bobeadas contra Botafogo, no primeiro turno, e Coritiba, no último domingo. Em ambos os duelos, o Flamengo abriu dois gols de diferença: 3 a 1 diante dos alvinegros e 2 a 0 no confronto com o Coxa, mas permitiu o empate aos adversários.



O atual aproveitamento do Flamengo na cidade do Rio de Janeiro é o pior de todos os tempos - vale destacar que até 1994 a vitória no futebol valia dois pontos. Confira na tabela acima.

Há uma curiosidade referente ao ano de 1933. Na temporada em questão, houve uma cisão no futebol carioca em duas instituições: AMEA (Associação Metropolitana de Esportes Athleticos) e LCF (Liga Carioca de Futebol). A AMEA estava alinhada ao amadorismo, e a LCF apoiava a profissionalização do esporte.

Inicialmente vinculado à AMEA, o Flamengo chegou a participar de três partidas do campeonato da associação, conquistando vitórias sobre Carioca (3x2) e River (um impressionante 16 a 2) e um empate com o Olaria (2x2). Mas desistiu da competição durante a disputa e filiou-se à LCF.

Tal mudança faz com que o Flamengo não contabilize em suas estatísticas as vitórias sobre Carioca e River. Assim, são apenas duas vitórias em 1933.

Domingo (27), pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o Flamengo recebe o Santos no Maracanã, às 17h (de Brasília).

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top