GuidePedia


Enquanto o Palmeiras se sagrava campeão brasileiro em São Paulo (vencendo a Chapecoense por 1 a 0), Flamengo e Santos, os dois times que perseguiram mais de perto o Verdão ao longo da temporada, faziam uma espécie de "decisão do segundo lugar" no Maracanã. Deu Fla: 2 a 0, gols de Paolo Guerrero, no primeiro tempo, e Diego, no segundo. 

Com o resultado, o Flamengo retomou a segunda posição, agora com 70 pontos, dois a mais do que o Santos. A decisão do vice, porém, ficou para a última rodada, quando o Peixe recebe o América-MG na Vila Belmiro e o Fla encara o Atlético-PR em Curitiba. Os dois jogos serão no domingo.

O vice-campeão brasileiro receberá um prêmio de R$ 10,7 milhões da CBF, enquanto o terceiro ficará com R$ 7,3 milhões, e ambos vão direto para a fase de grupos da Libertadores. O campeão Palmeiras ficou com R$ 17 milhões.

Foi a primeira vitória do Flamengo na volta ao Maracanã. Antes, o time havia ficado no empate com Corinthians (2 a 2), Botafogo (0 a 0) e Coritiba (2 a 2). Pelo Brasileirão, o Santos não perdia há mais de dois meses. A última derrota havia sido na 27ª rodada (1 a 0 para o Sport), no dia 24 de setembro.

O jogo

A posse de bola foi do Santos e as chances de perigo (e o gol) foram do Flamengo no primeiro tempo. Com seu estilo de toque, movimentação e presença maciça no campo do adversário, o Peixe começou dando mostras de que mandaria na partida. Mas um erro na saída de bola, envolvendo David Braz e Renato, permitiu a Guerrero abrir o placar, num chute forte, rasteiro e no canto direito de Vanderlei. Foi o centésimo gol do Flamengo na temporada.

Mesmo em desvantagem, o Santos continuou tocando a bola como se estivesse na Vila Belmiro – terminou o primeiro tempo com 64% da posse, contra 36% do Flamengo. Mas isso não se refletia em chances claras de gol. Pelo contrário: era o Rubro-Negro quem acabava chegando com mais perigo, nos contra-ataques.

Na etapa final, os dois times diminuíram o ritmo, mas, no geral, o panorama não mudou: o Santos com a bola, o Flamengo com as melhores chances no contra-ataque. Guerrero perdeu uma oportunidade clara, aos 25, na entrada da pequena área. Diego, praticamente no mesmo lugar, não perdoou e fechou o placar, aos 39, aproveitando cruzamento de Pará. Formado no Santos, o meia comemorou o gol no meio da torcida do Flamengo. 

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top