GuidePedia


Sem Maracanã em 2016 até o fim de outubro, o Flamengo teve de percorrer cerca de 28 mil quilômetros como mandante. O fato de ser itinerante serviu como justificativa para alguns tropeços, mas a cidade do Rio não traz boas lembranças na temporada. Jogou três vezes e somou apenas dois pontos - aproveitamento de 22,22%. Neste sábado, às 17h, tem chance para mandar para longe esse jejum no clássico com o Botafogo.

Nas partidas que disputou na cidade do Rio de Janeiro em 2016, o Flamengo perdeu para o Vasco (0x1), em 14 de fevereiro, em São Januário; empatou com Botafogo (3x3), em 14 de julho, na Ilha do Governador; e Corinthians (2x2), no último dia 23, no Maracanã.

O último triunfo no Maraca ocorreu no ano passado, em amistoso comemorativo aos 120 anos clube, em 15 de novembro: 1 a 0 sobre o Orlando City, gol de Luiz Antônio, hoje no Bahia.

Como mandante fora do Rio, o Flamengo tem rendimento bem melhor: jogou 29 vezes, com 18 vitórias, seis empates e cinco derrotas - aproveitamento de 69%. Cariacica, no Espírito Santo, foi a cidade onde o Fla saiu-se melhor: venceu oito vezes e perdeu uma.

O Flamengo ainda mandou jogos em Volta Redonda (seis vitórias, um empate e uma derrota) Brasília (duas vitórias, três empates e uma derrota), São Paulo (duas vitórias e um empate), Mesquita (um empate), Natal (uma derrota) e Juiz de Fora (uma derrota).

Jejum contra o Botafogo
Além de não vencer o Vasco desde março de 2015 - nove jogos -, quando Alecsandro marcou os gols da vitória por 2 a 1 sobre os cruz-maltinos, o Rubro-Negro tem outro jejum contra rivais: não bate o Botafogo desde 27 de julho de 2014. Alecgol de novo fez, e deu Fla 1 a 0.

Apesar de o período de seca contra os botafoguenses ser maior, em número de jogos ela é inferior. Foram quatro partidas. Duas derrotas: uma por 2 a 1 em Manaus, em 2014, e outra por 1 a 0, no ano passado, no Maracanã. Na atual temporada, foram dois empates: um por 2 a 2 pelo Carioca, em Juiz de Fora, e outro por 3 a 3, no primeiro turno do Brasileiro.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top