GuidePedia


Contra o Atlético-PR, pela última rodada do Brasileirão, o Flamengo não terá Diego, suspenso com o terceiro cartão amarelo. Desde que chegou ao clube, será a primeira vez que o meia desfalcará o Rubro-Negro na competição. Levando em conta seu desempenho e o quanto ele acrescenta ao time, o Fla terá que se superar para suprir a carência do seu camisa 35 e sair com a vitória domingo.
Diego chegou ao Flamengo em julho e só ficou de fora de três partidas, todas pelas Sul-Americana. Motivado, o meia é muito efetivo dentro de campo, buscando se movimentar por diversos setores para sair da marcação e criar as jogadas.
Pelo Brasileiro, o meia fez 17 jogos, marcando seis gols e dando três assistências. Além dos bons números, o camisa 35 elevou o patamar do time. Antes da sua estreia, o Fla era o sexto colocado, a cinco pontos do líder, e depois passou a brigar ponto a ponto pelo título.
Sem Diego na Sul-Americana, o Fla não foi bem e foi eliminado cedo. Acabou perdendo por 4 a 2 para o Figueirense na primeira partida. No jogo de volta, o meia atuou e foi importante para a vitória e classificação para as oitavas de final. Nesta fase, ele não jogou nas duas partidas contra o Palestino-CHI e o Rubro-Negro acabou caindo após vencer por 1 a 0 no Chile e perder por 2 a 1 em Cariacica, no Espírito Santo.
Fonte: Uol
Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top