GuidePedia


Vitinho e Dedé não são os únicos reforços pretendidos pela diretoria do Flamengo para 2017. O diretor-executivo de futebol, Rodrigo Caetano, também trabalha para comprar os direitos econômicos de Réver e Fernandinho e estender a permanência de Leandro Damião, apesar de seu empréstimo só terminar em julho do ano que vem.

É que o Santos, com quem Damião tem vínculo, demonstrou interesse na contratação de Marcelo Cirino, a pedido do técnico Dorival Júnior. Foi aí que surgiu a ideia na diretoria rubro-negra de oferecer uma troca até dezembro de 2017: Damião fica na Gávea e Cirino se manda para a Vila.

Os dois jogadores têm mais em comum do que parece, afinal, ambos foram comprados com dinheiro emprestado pela Doyen Sports. O fundo de investimentos antecipou R$ 42 milhões ao Santos para que Damião fosse adquirido junto ao Internacional - o Peixe tem de começar a devolver o dinheiro a partir de 2017, em cinco anos, com juros de 10% por temporada.

Já Cirino chegou ao Flamengo depois de a Doyen gastar R$ 13 milhões para assumir 50% dos direitos econômicos do atacante, que pertenciam ao Atlético-PR. A operação foi realizada em janeiro do ano passado.

O Rubro-Negro usou o argumento de que Cirino e Damião poderiam se valorizar muito mais com a troca do que em seus respectivos clubes. O Santos concordou no ato, mas o negócio esbarrou até o momento na Doyen, que tem uma série de problemas no relacionamento com o Peixe. A empresa precisou ir à Justiça para tentar receber pelas vendas de Geuvânio e Gabigol.

Outros reforços: 

Nenhum das negociações pretendidas pelo Flamengo é simples: o atacante Vitinho, que está emprestado ao Internacional, custa 11 milhões de euros. Pelo menos é o que pede o CSKA, da Rússia, por ora. Um dos destaques do Colorado no Brasileirão, o jogador já acertou as bases salariais com o Rubro-Negro.

Já o zagueiro Dedé, que foi ídolo no rival Vasco, tem contrato com o Cruzeiro somente até abril do ano que vem e pode assinar pré-contrato com qualquer interessado. Flamengo e Palmeiras tentam convencer os representantes do defensor a deixar a Raposa, mas Dedé resiste, com a justificativa de que contou com todo o apoio do clube mineiro durante os dois anos em que se recuperou de cirurgias.

Até a manutenção de Fernandinho, que parecia simples, se complicou. É que o técnico Renato Gaúcho, do Grêmio, quer contar com o atacante para a próxima temporada - Fernandinho está emprestado pelo Tricolor Gaúcho até dezembro. O Flamengo oferecia o perdão de até duas parcelas do pagamento que está sendo feito do zagueiro Wallace Reis para “comprar” Fernandinho.

O que deve ser confirmado nos próximos dias é a permanência de Réver. O zagueiro, que pertence ao Inter, está fora dos planos dos gaúchos por causa de seu alto salário: R$ 400 mil.

De saída: 

Enquanto planeja uma série de chegadas, o Rubro-Negro também já tem definições em relação a saídas. O zagueiro Juan, um dos maiores ídolos da torcida, e o atacante Emerson Sheik não terão seus contratos renovados no fim da temporada. O mesmo vale para o lateral-esquerdo Chiquinho, cujo destino pode ser o futebol japonês.

Fonte: Jorge Nicola 
Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top