GuidePedia


A Primeira Liga comunicou oficialmente o desligamento de Coritiba e Atlético-PR na última terça-feira. No mesmo dia, Eduardo Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, e Peter Siemsen, mandatário do Fluminense, minimizaram a saída das agremiações paranaenses.
“Não tenho controle sobre as decisões dos outros clubes. Os dois times do Paraná preferiram não participar e devemos respeitar. Tenho certeza que, com as equipes que ficaram, vamos fazer um excelente torneio”, declarou Bandeira de Mello durante lançamento de um prêmio de gestão instituído pela Ambev, em São Paulo.
De acordo com comunicado emitido pela Primeira Liga, Coritiba e Atlético-PR decidiram sair em função de “discordâncias internas”. A entidade ainda prometeu divulgar nos próximos dias as equipes que disputarão a edição de 2017 – diferentemente dos rivais, o Paraná Clube planeja participar do campeonato.
“Vai haver o torneio do mesmo jeito, sem problema nenhum. Estamos planejando, definindo os últimos detalhes. A posição dos clubes no Campeonato Brasileiro é importante, porque tem impacto nas datas disponíveis do ano que vem”, explicou Bandeira de Mello.
O presidente do Flamengo garante que a saída de Coritiba e Atlético-PR não será suficiente para causar prejuízos também do ponto de vista publicitário. “A Liga vai fazer um torneio excelente e atrativo. Tenho certeza que vai atrair os recursos dos patrocinadores e dos transmissores das partidas”, afirmou.
Peter Siemsen, presidente do Fluminense, também participou do lançamento do prêmio “Gestão de Campeão” e acompanhou a cerimônia ao lado de Bandeira de Mello. Ao falar sobre o desligamento dos clubes paranaenses da Primeira Liga, o representante do time tricolor adotou o mesmo tom.
“Estamos tranquilos. O torneio vai continuar, provavelmente com dois clubes novos. Não houve bom senso por parte do Atlético-PR, que é sempre difícil. A vida segue”, afirmou Siemsen. “Se os seus objetivos são diferentes dos objetivos do grupo, é natural sair”, acrescentou.
Já Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG, condicionou a participação de seu clube às datas da próxima temporada. “O calendário apertou muito. Ficando na Libertadores, não tem datas, a não ser que um campeonato de 2017 seja reduzido”, declarou.
Fonte: Yahoo Esportes
Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top