GuidePedia


O clima no vestiário do Flamengo era de resignação que beirava a tristeza após o empate com o Coritiba por 2 a 2, no Maracanã, resultado que sepultou as chances de título brasileiro neste ano. O técnico Zé Ricardo lamentou que sua equipe não tenha conseguido manter a vantagem de 2 a 0 aberta no início da partida.

Citando o bom público no Maracanã — foram 40.208 torcedores presentes —, Zé Ricardo reconheceu que o resultado foi frustrante. Mas prometeu empenho nas duas últimas rodadas, contra Santos (no Maracanã) e Atlético-PR (na Arena da Baixada), para garantir ao menos a manutenção da equipe na terceira colocação, o que garantiria uma vaga direta na Libertadores.

— Tivemos chance de matar o jogo, mas perdemos. Lamento muito, pela torcida que veio em grande número, mas não conseguimos. Estamos frustrados, só posso dizer que vamos com tudo nos dois últimos jogos — disse o treinador.

O zagueiro Réver, questionado sobre as vaias e os protestos da torcida após o apito final, foi outro a admitir que o empate em casa ficou aquém do esperado. A frustração rubro-negra é acumulada desde a reabertura do Maracanã após a Olimpíada do Rio: em três jogos no estádio (Corinthians, Botafogo e Coritiba), o rubro-negro ficou no empate em todos.

— O torcedor compareceu e depositava confiança nesse jogo. Agora é levantar a cabeça e tentar ficar à frente do Santos para terminar bem o ano — afirmou Réver.

O zagueiro já projetaou o confronto direto no próximo domingo contra o vice-líder Santos, que tem 69 pontos, um ponto a mais do que o Flamengo:

— Uma partida não pode jogar tudo por água abaixo. Tem que doer o jogo de hoje (domingo) como uma derrota, por tudo que representava, mas é preciso dar continuidade até porque domingo tem um jogo muito difícil, contra um concorrente direto — ressaltou.

Fonte: GE 

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top