GuidePedia


O Campeonato Brasileiro chega à reta final e apenas três clubes têm chances matemáticas de título. O Palmeiras é quem está mais perto do objetivo, com 91% de possibilidades. O Santos vem em seguida com 7%. O Flamengo tem sonho remoto e se prende aos 2%. O curioso é que os elencos do trio que segue em busca da conquista somam apenas 11 jogadores que têm essa glória no currículo. Os técnicos Cuca, Dorival Júnior e Zé Ricardo tentam um troféu inédito para as suas carreiras como comandantes. 

Do Verdão, somente três atletas de seu vasto elenco já se sagraram campeões brasileiros. O zagueiro Edu Dracena obteve o feito pelo Cruzeiro em 2003 e pelo Corinthians no ano passado. O lateral-esquerdo Egídio foi importante nas campanhas vitoriosas do Cruzeiro em 2013 e 2014. Jean, que no esquema de Cuca alterna entre a lateral direita e posição de volante, estava na equipe do São Paulo campeã em 2008, e obteve a conquista também em 2012, pelo Fluminense. 

Com um elenco que mistura juventude e experiência, o Santos tem cinco jogadores com a carreira marcada por ao menos um título do Brasileirão. Todos eles mais experientes. Elano e Renato estavam nas duas últimas conquistas do Peixe na competição, em 2002 e 2004. O volante Valencia, que fez apenas um jogo na atual edição, faturou a taça quando defendia o Fluminense, em 2010 e 2012. David Braz foi campeão com o Flamengo em 2009 e fez até gol na partida que definiu o título, contra o Grêmio. O atacante Ricardo Oliveira participou de oito jogos e marcou cinco gols no título do São Paulo em 2006.

O Flamengo tem o único atleta que em 2016 ainda tem a possibilidade de buscar o seu quarto título brasileiro. Emerson Sheik enfileirou conquistas de 2009 a 2011 por três clubes diferentes: Flamengo, Fluminense e Corinthians. De volta ao futebol brasileiro depois de mais de uma década na Europa, Diego tem uma pequena chance de ser campeão brasileira pela terceira vez. Pelo Santos, o meia esteve nas campanhas de 2002 e 2004, sendo um dos protagonistas apenas na primeira das duas. O meia-atacante Everton disputou 17 jogos na campanha do título do Flamengo em 2009. Aos 20 anos na época, ele foi muito utilizado na lateral esquerda naquele ano, quando era o reserva imediato de Juan, hoje do Coritiba. 

A pesquisa considerou atletas que disputaram ao menos uma partida nas campanhas de times campeões brasileiros. O técnico Cuca comandou o Flamengo em 14 partidas na campanha de 2009 mas não é considerado campeão por ter sido demitido antes da metade da competição. O peruano Paolo Guerrero participou de três jogos pelo Corinthians no Brasileirão do ano passado, mas não é tratado como campeão de 2015, até por ter sido negociado com outro clube que fez parte da disputa, o Flamengo. 

Fonte: GE 

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top