GuidePedia


A principal novidade da próxima Copa São Paulo de Futebol Júnior será o número de substituições. Na 48ª edição da principal competição de base do Brasil, cada técnico poderá fazer até seis trocas durante as partidas. Para que não haja impacto no tempo de bola rolando, as alterações deverão ser feitas em até três paradas. 

A mudança foi adotada pela Federação Paulista de Futebol (FPF) após conversas com profissionais das categorias de base e com o MFFB (Movimento de Formação do Futebol Brasileiro). A medida visa que mais jogadores tenham oportunidades de atuar durante a competição e que os atletas tenham mais tempo de recuperação física, já que é um torneio de tiro curto: começa em 2 de janeiro e termina em 25 de janeiro.

Além das substituições, o torneio contará com número recorde de equipes. Serão 120 clubes, de 26 estados, jogando em 30 sedes espalhadas pelo estado. A final, seguindo a tradição, será o Pacaembu, no dia do aniversário da cidade de São Paulo.

Dentre essas equipes, uma do exterior. O Pérolas Negras, do Haiti, participará da Copinha pelo segundo ano consecutivo. Neste ano, os haitianos perderam os três jogos da fase de grupos, para Juventus, América-MG e São Caetano.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top