GuidePedia


A mudança de técnico do Flamengo na metade deste ano, com a chegada de Zé Ricardo, modificou, também, o nível de prestígio de alguns jogadores do elenco nesta reta final de temporada. Antes titulares, alguns atletas perderam espaço e amargam o banco de reservas. Outros eram vistos com grande expectativa, mas quase não jogaram. Relembre cinco casos:

Rodinei
Depois de tomar conta da lateral direita no primeiro semestre, o jogador perdeu espaço com a boa fase de Pará e não joga desde o empate contra o São Paulo, há um mês. Antes disso, a última partida do lateral pelo Rubro-Negro havia sido no primeiro turno, contra o Corinthians, no dia 3 de julho. Mesmo assim, o camisa 2 tem 36 jogos e um gol na temporada.

Juan
Outro caso de titular absoluto que perdeu a vaga para outros atletas em ótima fase. Capitão e “dono” da zaga na primeira parte de 2016, o zagueiro foi preterido pela dupla Réver e Rafael Vaz e não joga desde a eliminação para o Palestino, em 28 de setembro, pela Copa Sul-Americana. No Brasileiro, foram apenas seis jogos para o camisa 4, o último ainda no primeiro turno.

Donatti
Depois de uma novela que começou no início do ano e terminou apenas em julho, Donatti chegou esperando por oportunidades que ainda não chegaram. O zagueiro argentino tem apenas dois jogos pelo Flamengo na temporada: a derrota para o Figueirense do último dia 24 de agosto, pela Copa Sul-Americana, e a vitória da 17ª rodada sobre o Coritiba. De resto, muitas viagens e espera no banco de reservas.

Cuéllar
Assim como Rodinei e Juan, também tinha muita “moral” com o antigo treinador, Muricy Ramalho, mas teve menos chances com a evolução do novo trabalho. Cuéllar tem 32 jogos pelo Flamengo na temporada, mas o último deles foi também na Sul-Americana, no fim de setembro. No segundo turno do Brasileiro, o colombiano tem apenas quatro aparições.

Adryan
Revelação do Flamengo, o jogador voltou à Gávea no meio deste ano depois de quase dois anos de empréstimos e praticamente não jogou. Foram apenas quatro partidas para o meia, a última contra o Sport, há quase três meses, pela 20ª rodada. Apesar das raras oportunidades, o atleta, de 22 anos, foi elogiado pelo técnico Zé Ricardo e pode ganhar espaço no time em 2017.

Fonte: EI

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top