GuidePedia


O fim da temporada se aproxima e muitos clubes já iniciaram o planejamento para 2017. Pensando nisso, o LANCE! listou medalhões que podem ser opções para os dirigentes brasileiros. Vale o investimento? A lista apresenta jogadores consagrados, outros nomes que ainda possuem contratos, mas que perderam espaço recentemente nos seus times, e atletas que estão há tempos sem jogar profissionalmente. Veja:

Adriano (Sem clube): Último time do atacante foi o Miami United. Volta aos gramados, no entanto, ainda é incerta

Carlos Alberto (Sem clube): Meia fez 30 partidas pelo Figueirense, mas foi dispensado no mês de setembro

Alex (Sem clube): Aos 34 anos, zagueiro é monitorado pelo Peixe e pode voltar à Vila Belmiro na próxima temporada

Maicon (Sem clube): Lateral-direito conversou com Botafogo, mas não chegou a um acordo com o clube carioca para o Brasileirão

Diego Tardelli (Shandong Luneng): Atacante tem sondagens para voltar ao país, mas vínculo com clube chinês é até 2019

Thiago Neves (Al Jazira): Aos 31 anos, meia costuma receber sondagens dos clubes brasileiros, mas alto salário é entrave

Kaká (Orlando City): Aos 34 anos, meia é uma das estrelas da MLS, porém, segue como sonho de consumo dos clubes brasileiros

Luis Fabiano (Tianjin Quanjian): Experiente centroavante é uma das estrelas da segunda divisão chinesa

Nilmar (Al Nasr): Atacante teve seu nome cogitado nos bastidores do São Paulo nas últimas semanas

Vagner Love (Alanyaspor): Sem espaço no Monaco, Vagner Love foi parar na elite do futebol turco

Hernanes (Juventus): Em baixa na Itália, volante seria uma ótima opção para os clubes brasileiros, mas negócio não é simples

Felipe Melo (Inter de Milão): Volante recebe sondagens de times brasileiros, mas alto salário dificulta retorno ao país

Diego Souza (Sport): Destaque da Série A tem contrato com o Leão até 2017. Ainda assim, clubes monitoram o meia-atacante

Valdivia (Al-Wahda): Aos 33 anos, chileno tem sempre o seu nome especulado no futebol brasileiro

Montillo (Shandong Luneng): Aos 32 anos, argentino se tornou desejo recorrente entre os times brasileiros

Grafite (Santa Cruz): Experiente atacante tem contrato até o fim de 2017, mas pode deixar o Santa Cruz

Alex (Internacional): Meia tem contrato com os gaúchos até julho de 2017, mas recebeu propostas no meio do ano

Michel Bastos (São Paulo): Diretoria do São Paulo deve usar o jogador como moeda de troca ao término da temporada

Anderson (Internacional): Com contrato até o fim de 2018, Anderson nunca caiu nas graças dos colorados

Dedé (Cruzeiro): Com vínculo até abril da próxima temporada, zagueiro conviveu com lesões nos últimos meses

Luisão (Benfica): Aos 35 anos, zagueiro segue na mira de clubes brasileiros. Contrato com os portugueses é até 2017

Dátolo (Atlético-MG): Argentino é monitorado por clubes e pode deixar o Galo no fim do Campeonato Brasileiro

Maicosuel (Atlético-MG) - Aos 30 anos, meia pode se tornar moeda de troca para os mineiros no fim do ano

Kleber Gladiador (Coritiba): Atacante tem contrato com Coxa até dezembro e pode se despedir do Couto Pereira

Rafael Moura (Figueirense): Atacante tem contrato até o fim do ano e agrada, mas deve voltar ao Galo

Douglas (Grêmio): Inicialmente tem contrato até o fim do ano, mas acerto verbal para renovar até 2017 com o Tricolor

Fonte: Lance

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top