GuidePedia


A Polícia Militar segurou boa parte dos torcedores do Corinthians no setor de visitante do Maracanã após o apito final no empate por 2 a 2 contra o Flamengo, no objetivo de identificar os brigões que participaram do conflito ocorrido antes de a bola rolar. Detidos, 39 deles foram levados à Cidade da Polícia, em Jacaré, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Sem camisa, todos os homens foram obrigados a aguardar a análise das imagens da briga. Mulheres e crianças foram liberadas. A busca foi feita aos torcedores que agrediram policiais. 

A CONFUSÃO
Corintianos entraram em conflito com policiais cerca de meia hora antes do jogo. A fim de invadir o setor dos flamenguistas, eles partiram para cima de poucos policiais que protegiam a grade que separava as torcidas. Foi preciso o uso de gás de pimenta e cassetetes.

Em dado momento, torcedores chegaram a derrubar uma das grades de proteção, iniciando uma invasão para a área reservada aos flamenguistas. Com a chegada de mais policiais, recuaram. Pela confusão, os dois times correm risco de sofrer punição junto ao STJD. 

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top