GuidePedia


O Palmeiras foi julgado e punido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF na manhã desta segunda-feira, no Rio de Janeiro. Por causa de confusão envolvendo torcedores e dirigentes do Flamengo na partida do último dia 14 de setembro, o Verdão acabou multado pelo STJD em R$ 50 mil.

Os palmeirenses foram julgados no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que fala em "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir: desordens em sua praça de desporto e lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo".

No segundo tempo da partida, dirigentes do Flamengo, localizados no quarto andar da arena do Verdão, no setor Gol Sul, reclamaram que torcedores arremessaram objetos em direção ao camarote tradicionalmente destinado ao time visitante.

Como o setor Gol Norte está interditado por decisão do STJD, as torcidas organizadas do Palmeiras decidiram por ocupar o Gol Sul. Mas, torcedores do Verdão relataram também que foram provocados pelos flamenguistas e que objetivos foram atirados na direção deles - um vídeo publicado nas redes sociais mostra o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, discutindo com outras pessoas.

O clube alviverde corria o risco de ser multado em até R$ 100 mil. Caso o Tribunal considerasse a denúncia de gravidade elevada, a pena poderia ser aumentada para até dez perdas de mando de campo.

Por causa da redistribuição de setores do estádio, o Palmeiras inverteu os camarotes no jogo contra o Coritiba. Os dirigentes e membros da comissão técnica do clube paranaense ficaram no setor Norte, espaço que continua interditado, enquanto os alviverdes foram deslocados para o setor Sul.

Nesta segunda-feira, o Palmeiras enfrenta o Santa Cruz, no Recife. Se vencer, abre três pontos de diferença para o Flamengo. Clique aqui e veja a escalação do Verdão.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top