GuidePedia

 
Questionado por clubes e marcado por polêmicas dentro  do país, Sandro Meira Ricci protagonizou uma confusão com seu apito na mão na última quinta-feira (13), na vitória do Flamengo sobre o Fluminense por 2 a 1. Após anular a marcação de um auxiliar e validar o que seria o gol de empate do Tricolor, ele recuou e desmarcou o tento, iniciando um tumulto que durou mais de 10 minutos em campo e se estendeu na repercussão da partida.

Na sexta-feira (14), CBF e STJD mostraram insatisfação com o caso e sinalizaram com possíveis suspensões ao árbitro. Ainda assim, Meira Ricci goza de prestígio com entidades internacionais. E mesmo na mira dentro de seu país, o brasileiro já está pré-selecionado como representante brasileiro para a Copa do Mundo de 2018.

"Ele é o número um do país. Não é uma coisa de CBF, mas avaliação de Conmebol e até da Fifa", explicou o diretor da Confederação, Sérgio Corrêa, ex-chefe de arbitragem e que agora comanda os estudos de uso de vídeo para o auxílio a juízes.

Sérgio acompanhou toda a ascensão de Sandro e confirmou a opção das entidades internacionais. Segundo outras pessoas que trabalham com arbitragem na CBF e na Conmebol, somente problemas físicos ou casos técnicos mais graves tiraria o nome do árbitro da lista para a Rússia.

No último mês de abril, Sandro Meira Ricci, inclusive, participou de um seminário em Miami, nos Estados Unidos, que contou com a participação dos árbitros selecionados para o próximo Mundial. O suplente brasileiro, Wilton Pereira Sampaio, também esteve no encontro. Ele substituiria o titular em caso de problemas mais graves.

A confusão no Fla-Flu da última quinta não foi a única envolvendo Ricci nos últimos tempos. Em 2015, trabalhando para a Conmebol na Copa América, ele se envolveu em polêmicas por conta da distribuição de cartões vermelhos no jogo entre Chile e Uruguai. Ainda assim, apitou a final entre Chile e Argentina, ratificando seu prestígio no continente.

Fonte: Uol

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top