GuidePedia


Não foi o resultado que eu queria. Certamente, se saíssemos com os três pontos do Mineirão eu estaria muito mais feliz hoje. Com a derrota do Palmeiras para o Santos, a diferença até que diminuiu, mas ganhamos o Santos na nossa traseira. Pelo menos, no final da rodada, a diferença para o líder diminuiu.
Foi um primeiro tempo para dar esperança. Jogando bem, anulando o Atlético na sua casa, o Flamengo me deu a certeza de que pode jogar muito melhor do que vinha jogando. Isso, numa reta final de campeonato é importante. Espero que, além de importante, não seja tarde demais.
Tudo que o Flamengo fez no primeiro tempo, com uma boa atuação do Fernandinho e do Gabriel (que executa o papel tático do ponta que i Zé Ricardo quer como ninguém), fiquei com a impressão que o 1×0, gol do Diego numa assistência do Guerrero foi pouco.
Foi pouco porque o segundo tempo foi dramático. Com as substituições que não consegui entender do Zé Ricardo, que parou o time, e o Atlético vindo pra cima, não saímos com a derrota porque o Guerrero e o Diego querem muito esse título. E empurram esse time para frente. A força e a determinação desses dois me encanta. Sabe aquela coisa que já reclamei trocentas vezes de falta de vontade, de falta de disposição? Pois é, com eles essa minha reclamação não aparece. Flamengo tem ido buscar o jogo. Isso é Flamengo, é assim que tem que ser.
Sobre esse jogo: já passou da hora do Zé Ricardo parar de colocar o Sheik, Marcio Araujo parou de novo no gol do adversário, Fernandinho é titular desse time e que dupla de zaga maravilhosa que temos. A melhor do campeonato.
Nosso próximo jogo é contra o Botafogo, no Maracanã. O Palmeiras enfrenta o Inter, que está bem ameaçado pelo rebaixamento. Mais uma rodada para tirar pontos. Vamos que dá, Mengão!
Fonte: Primeiro Penta
Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top