GuidePedia


O desfalque simultâneo dos dois principais centroavantes do Flamengo abriu mais uma vez espaço para a terceira opção, mas primeira em eficiência. Felipe Vizeu se reapresentou nesta quarta-feira após liberação da seleção sub-20 e treinou entre os titulares para enfrentar o Santa Cruz, no domingo. A necessidade de vitória e de aumentar o saldo de gols para encostar no líder Palmeiras é um prato cheio para o jogador de 19 anos.

O camisa 47 tem quatro gols no Brasileiro em 12 jogos, sendo metade como titular. Dos concorrentes consagrados, Guerrero atuou em 14 partidas, todas como titular, e marcou apenas cinco gols. Já Damião, suspenso no domingo, balançou as redes duas vezes em cinco partidas como titular.

— Tem que estar com a cabeça boa para finalizar, manter essa concentração para que possa aumentar o saldo — declarou o jovem que, em sua última partida, contra o Figueirense, desperdiçou algumas chances claras.

Mesmo como terceiro nome no ataque, Vizeu é o jovem mais aproveitado pelo clube nesta temporada — são 23 partidas até agora. Outros campeões da Copa São Paulo de Juniores com Zé Ricardo treinam com o time principal, mas quase não são relacionados, casos de Leo Duarte, Ronaldo e Lucas Paquetá.

A pressão pela oportunidade em um momento decisivo do Brasileiro foi bem absorvida por Vizeu. Embora esteja em seu primeiro ano como profissional, o atacante tem como “padrinho” o goleiro Paulo Victor, com quem divide quarto na concentração e de quem ouve os principais conselhos.

— O PV é um cara que concentra comigo, é um paizão para mim. Sempre me dá conselhos, me ajuda muito. Sei da responsabilidade que a gente tem — emendou Vizeu, chamado pelo técnico Rogério Micale para amistosos da seleção brasileira sub-20.

De volta ao clube antes da hora, valorizou o chamado rubro-negro:
— O foco é o Flamengo. Estou feliz por iniciar o jogo.

Fonte: Extra Globo

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top