GuidePedia


Com a derrota de 2 a 1 para o Internacional, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, o Flamengo estacionou na tabela com 60 pontos e viu o Palmeiras, que venceu o Figueirense por 2 a 1, se isolar ainda mais na liderança, agora com 64 pontos.

Teria o “cheirinho do hepta” ficado para trás? Para Andrade, técnico campeão brasileiro com o Flamengo em 2009, não. Naquela ocasião, a seis rodadas do fim, ou seja, menos rodadas do que no momento atual, o Rubro-negro ocupava a sexta colocação após uma derrota por 2 a 0 para o Grêmio Barueri, fora de casa, e tinha 51 pontos, seis atrás do líder Palmeiras. Nas rodadas seguintes, o Rubro-negro foi tirando a diferença para o Alviverde e os demais adversários e terminou como campeão na última rodada ao bater o Grêmio por 2 a 1, no Maracanã.

- Tem que acreditar. Lembro que só assumimos a liderança na penúltima rodada. Nesta edição ainda tem muita coisa pra acontecer, não tem nada definido. O Flamengo tem que fazer o dever de casa e deixar que as coisas aconteçam naturalmente. Ainda está no páreo - disse Andrade.

E aquele time rubro-negro vencedor tem mais semelhanças com o atual. Assim como Andrade, Zé Ricardo foi de interino a efetivado.

- Ele está fazendo um ótimo trabalho. O time ficou um tempão sem perder e está na briga. Essa competição precisa de regularidade e o Flamengo vem tendo. Torcemos para que dê tudo certo. Em algum momento os times tropeçam - analisou o treinador, que pretende ir ao jogo entre o Rubro-negro e o Corinthians, domingo, no Maracanã.

Analisando o time atual do Flamengo, Andrade rasgou elogios a alguns jogadores, principalmente o meia Diego.

- A entrada dele nesse Flamengo foi fundamental. Deu personalidade e uma cara ao time. É o cara que chama o jogo, a responsabilidade. Além disso, assumiu o papel de líder. Vejo ele mais ou menos como o Pet em 2009 - disse Andrade.

Por fim, o treinador fez uma análise dos centroavantes rubro-negros. Após passar em branco contra o Inter, o peruano Paolo Guerrero foi bastante criticado por torcedores nas redes sociais.

- Por incrível que pareça, o atacante com mais regularidade no Flamengo é o Felipe Vizeu. Damião e Guerrero são bons atacantes, mas falta regularidade. O Vizeu tem a regularidade que o Adriano tinha naquela época e time grande precisa disso na reta final - disse o Tromba.

Após concorrer, sem sucesso, para o cargo de vereador nas eleições do Rio de Janeiro, Andrade pretende voltar ao futebol e analisa propostas.

Fonte: Extra

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top