GuidePedia


Não há mais motivo de preocupação do Flamengo em relação à segurança interna de São Januário no jogo 2 da final do Estadual de basquete contra o Vasco nesta quinta-feira, às 19h45 (de Brasília). Comandante do Grupamento Especial de Policiamento de Estádios (Gepe), o major Silvio Luis confirmou ao GloboEsporte.com que enviará um efetivo de 25 policiais para o local.

O major disse ter recebido a informação de que o laudo dos bombeiros já havia sido atualizado pelo Vasco. No entanto, ainda não tem em mãos o documento exigido para o envio do policiamento. Mesmo assim, o efetivo foi reservado para o jogo. O Flamengo lidera a série melhor de três por 1 a 0 e se vencer nesta quinta-feira conquistará o título da competição.
 
Trezentos ingressos foram colocados à venda apenas para torcedores do Vasco, já que o confronto dever ser realizado com torcida única por força do regulamento da competição.

- Para resguardar a segurança de todos os envolvidos, o efetivo vai seguir para o jogo. Fará a segurança interna, independentemente da questão do laudo, para assegurar que não haja problema para árbitros e jogadores - afirmou o major.

Vice-presidente de quadra e salão do Vasco, Fernando Lima preferiu não falar sobre o assunto. Ele apenas lamentou o posicionamento que o Flamengo vem tomando desde o início do Campeonato Estadual.

- Eles têm um grande time, não precisam fazer isso. Ficam reclamando de tudo - afirmou o dirigente do Vasco.

O Flamengo se reuniu na quarta-feira com o Gepe para cuidar dos trâmites da realização do jogo 3, caso o Vasco vença nesta quinta-feira. Não se sabe ainda quando ele será disputado, pois o policiamento não tem efetivo suficiente no momento para cuidar da segurança de dois eventos esportivos no mesmo dia. Sexta-feira e sábado haverá jogo do Campeonato Brasileiro de futebol.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top