GuidePedia


Os dois tropeços na reta final do Brasileiro não abalaram o ânimo dos jogadores do Flamengo. Eles acreditam que é possível tirar os seis pontos de diferença para o Palmeiras. Porém, sabem que perderam o direito de errar como aconteceu nas duas últimas partidas contra o Internacional e o Corinthians.

— Temos que estar com a cabeça boa para buscar os pontos e chegar perto do Palmeiras. Vamos deixar eles lá do lado deles e pensar nos nossos seis jogos. Está difícil, mas nada é impossível. Agora não podemos mais pensar em empatar e nem em perder — disse o lateral-esquerdo Jorge, que pediu para deixar o campo no último jogo após receber algumas pancadas, mas garante que está bem.

Além de perseguir o Palmeiras, o Flamengo tem de olhar para trás. Num confronto direto pelo segundo lugar na tabela, outro revés diante do Atlético-MG, no sábado, no Mineirão, custará caro. Logo em seguida vem o Santos, a três pontos do rubro-negro e adversário daqui a duas rodadas.

— Estava vendo a tabela, e se perdermos para o Atlético, deixamos a segunda posição. Temos que estar com o pensamento positivo, de conquistar três pontos. Erramos contra o Corinthians, levamos gols que dificilmente nós levamos. Mas estamos com a confiança de que podemos vencer o Atlético na casa dele — admitiu o lateral, que viu de forma positiva a mudança no local da partida do Independência para o Mineirão. — Se perguntar para qualquer um aqui, todos vão dizer que é melhor jogar no Mineirão. É maior, dá para trabalhar mais a bola e analisar os erros do adversário.

No treino desta terça-feira, os reservas fizeram um coletivo, enquanto os titulares, apenas treino regenerativo. O atacante Everton, que se machucou contra o Inter, continuou o tratamento da lesão muscular. O meia argentino Mancuello, que levou uma pancada na costela na partida de domingo, também fez tratamento.

Fonte: O globo

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top