GuidePedia


Faz pouco mais de 13 anos que Felipe Melo se despediu. Para o Flamengo, chegou a hora de voltar. O clube fez, na última semana, sua segunda tentativa de repatriar o volante, que atualmente defende a Internazionale de Milão. As conversas estão em fase inicial, e o jogador de 33 anos analisa os prós e contras do possível retorno.
No meio do ano houve uma primeira tentativa. O Flamengo conversou com Felipe e seu pai, José, mas a pedida salarial do jogador foi vista pelo clube como inviável. Recentemente houve uma nova aproximação, e os valores já parecem mais viáveis, pelo menos do ponto de vista do Rubro-Negro. Entretanto, uma proposta oficial ficou de ser enviada, o que ainda não ocorreu. A ideia do clube é firmar um vínculo de três anos de duração.

Sem muitas chances na Inter de Milão, Felipe Melo demonstra vontade de em algum momento retornar ao Flamengo, clube pelo qual disputou 71 partidas – a última delas em 6 de abril de 2003, em vitória por 2 a 1 sobre o Bahia – e marcou 11 gols – o primeiro deles em seu segundo jogo como profissional. No entanto, sua família acredita que ainda não seja a hora de voltar.
O Flamengo tem a China como principal concorrente para contratar Felipe Melo. Este, aliás, é seu destino mais provável caso deixe a Itália. O volante tem contrato com a Inter até maio de 2017, mas o Rubro-Negro acredita que Felipe poderá fazer como ocorreu com Diego e acertar uma rescisão amigável.
Mesmo afastado por mais de uma década, Felipe Mello faz questão de manter sua identidade rubro-negra. Constantemente o jogador se manifesta em redes sociais para comemorar os sucessos da equipe e até já posou com um tijolinho com seu nome, mostrando ter contribuído financeiramente para a construção do CT Ninho do Urubu. Desde que deixou a Gávea, Felipe passou por Cruzeiro, Grêmio, Mallorca, Racing Santander, Almería, Fiorentina, Juventus e Galatasaray, antes de chegar à Inter de Milão.
Fonte: GE
Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top