GuidePedia


Fernandinho demorou mais de quatro meses (133 dias) para marcar seu primeiro gol pelo Flamengo. Saiu em 31 de agosto e foi importante, o último da vitória por 3 a 1 sobre o Figueirense, que classificou o time às oitavas de final da Sul-Americana. Depois emplacou sequência de bons jogos e marcou mais dois, nas vitórias contra Ponte Preta (2x1), conquistada com gol dele aos 44 minutos do segundo tempo, e Vitória (2x1), na qual ele abriu o marcador. Everton e Gabriel não foram bem contra o São Paulo (0x0) no último sábado, mas o primeiro é titular absoluto, e o outro ganhou muito espaço com Zé Ricardo.

O renascimento de Fernandinho não aconteceu efetivamente contra o Figueirense. Dois jogos antes, no triunfo por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, o camisa 31 fez um primeiro tempo muito ruim. Voltou do intervalo vaiado, e a torcida até gritou "Tira o Fernandinho". Seguiu tentando e chutando em gol. Num desses, num misto de cruzamento e finalização, encontrou Mancuello, que, de letra, garantiu o resultado. Terminada a partida, Zé Ricardo o elogiou muito.

Nas estatísticas, Fernandinho tem melhor média em finalizações, assistências e faltas recebidas. No quesito, passe para gols, está empatado tecnicamente com Everton, que se destaca em passes certos, roubadas de bolas e faltas cometidas. As duas últimas categorias mostram a importância defensiva do camisa 22. Gabriel é o líder de desarmes do trio. Todos marcaram duas vezes cada.

Além dos jogos em que marcou gols, Fernandinho foi o melhor do Flamengo nos duelos com o Palestino, pela Copa Sul-Americana. Embora o time tenha sido eliminado, ganhou praticamente todas as disputas com o lateral-direito Sierralta.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top