GuidePedia

Os seis pontos de diferença para o Palmeiras (67 a 61) são um problema que o Flamengo precisa resolver e tem o mesmo número de jogos pela frente para isso. O Rubro-negro não joga a toalha pelo heptacampeonato brasileiro, mas reconhece que não pode mais falhar. Além disso, esquecer o líder do Brasileirão é o lema da vez na Gávea. De acordo com o site Chance de Gol, os cariocas têm chances de conquistar o título calculadas em 5,3%.

Comissão técnica, diretoria e jogadores diagnosticaram a ansiedade como um dos obstáculos que o time precisa superar na reta final da competição. A preocupação com os resultados do Palmeiras durante as partidas é um complicador a mais e foi admitida por alguns atletas.

"As chances matemáticas são claras e devemos nos concentrar em nossos jogos. Não temos que esperar os resultados do nosso concorrente. É o momento de vencer e pensar somente nisso", alertou o meia Diego.

Para chegar ao heptacampeonato, o Flamengo precisa de uma sequência de vitórias e ainda torcer por pelo menos duas derrotas e um empate do Palmeiras.

Além da pressão por conquistar os próprios resultados, a maioria do elenco considera que se basear no rival não ajudará no momento. É vencer e esperar o que pode acontecer. Além do título, o Flamengo também precisa triunfar para se distanciar novamente do Atlético-MG (61 a 59). Os dois times se enfrentam sábado (29), às 16h30 (de Brasília), no Mineirão.

"Nada vai cair do céu. Não será fácil e não adianta só a torcida fazer a sua parte. Ficou um pouco mais difícil, mas ainda faltam seis rodadas. Tenho esperança e fé que podemos tirar a diferença. O mínimo que podemos fazer é tentar as seis vitórias. É o nosso maior objetivo", encerrou o capitão Réver.

Depois do Atlético-MG (fora de casa), o Flamengo ainda enfrenta Botafogo (Maracanã), América-MG (Independência), Coritiba (Maracanã), Santos (Maracanã) e Atlético-PR (Arena da Baixada) para tentar realizar o sonho de conquistar o heptacampeonato brasileiro.

Fonte: Uol

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top