GuidePedia


A espera pelo Maracanã se encerra nesta terça-feira, quando Polícia Militar e Corpo de Bombeiros farão uma vistoria final para definir se há condições de o estádio receber o jogo entre Flamengo e Corinthians, marcado para domingo, às 17h.

De acordo com o major Silvio Luiz, do Gepe (Grupamento Especial de Policiamento em Estádios), houve uma vistoria na sexta-feira, e a mesma não foi animadora.

- Estivemos lá na última sexta-feira para uma vistoria prévia e havia muito material da Rio 2016 ainda. Material de desmontagem, das salas temporárias, da área de imprensa internacional. E as grades que dividem as torcidas também não estavam recolocadas. Do jeito que estava, hoje não seria possível - afirmou.

Apesar do panorama de sexta-feira, Silvio Luiz trata a colocação das grades que divide a torcida como a questão mais complexa, porém não vê a situação como algo "impossível de se solucionar".

- Fizemos as solicitações ao Flamengo da parte do Gepe, o Corpo de Bombeiros também fez algumas, mas não sabemos bem que será o responsável por organizar tudo. Vamos ver como será na vistoria final nesta terça. O mais complicado é a parte das grades, mas elas já estão lá, só precisam ser recolocadas. A gente acredita que não seja algo impossível de solucionar.

Dentro do Flamengo, diretores estão ansiosos pela solução e falam em "corrida contra o tempo" pela decisão final. Apostam que o Comitê Rio 2016 trabalhou intensamente no local neste fim de semana. O diretor geral do Fla, Fred Luz, mostrou-se otimista e já pensa na venda de ingressos.

- Todo trabalho que está sendo feito é do comitê, e nós estamos acompanhando. Estamos muito animados, acreditando que tudo ficará pronto a tempo. Estamos esperando ter um sinal de que essa nossa animação vai se confirmar para iniciarmos a venda. Nossa intenção é que seja nesta terça-feira.

A respeito da necessidade de definição o quanto antes para esquematizar a operação da partida, Fred afirmou que esta responsabilidade é do Consórcio Maracanã.

- Quem vai operar essa partida é Consórcio Maracanã, da mesma forma como era feito até então. Houve alguns ajustes no contrato, mas tudo será feito da mesma maneira de sempre.

Caso o Maracanã não seja liberado, o Flamengo enfrenta o Corinthians em Volta Redonda.

*Amanda Kestelman, Fred Gomes, Gustavo Rotstein e Richard Souza

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top